sábado, 31 de outubro de 2009

RIO DE JANEIRO/RJ:DIVERGÊNCIA ENTRE PREFEITO E COI CAUSA MAL-ESTAR

39 minutos atrás
Surgiu hoje a primeira polêmica envolvendo as Olimpíadas no Rio de Janeiro, em 2016. O prefeito Eduardo Paes disse que o Comitê Olímpico Internacional (COI) "abriu uma janela" para a organização dos Jogos transferir "parte ou todo" o Centro de Mídia e algumas instalações esportivas da Barra da Tijuca para a zona portuária, no centro da cidade, alterando assim o projeto apresentado na candidatura.No entanto, pouco tempo depois das declarações de Paes,o diretor executivo de Jogos Olímpicos do COI, o suíço Gilbert Felli, durante entrevista coletiva - sem a presença do prefeito - no Hotel Copacabana Palace, praticamente vetou a ideia e negou que tenha conversado com Paes sobre o assunto. O mal-estar estava criado.Sentado ao lado de Felli, o presidente do Comitê Organizador da Olimpíada, Carlos Arthur Nuzman, preferiu o silêncio."Estou surpreso de ouvir essa notícia", disse o dirigente do COI, que participou da 1ª reunião no Rio sobre os Jogos de 2016. "Qualquer alteração (no projeto) tem de ser aprovada pelo COI."

SALVADOR/BA: BILIONÁRIO NO SENADO

O bilionário João Carlos Cavalcanti, segundo o Jornal da Metrópole, vai se candidatar ao Senado na chapa do PMDB. Cavalcanti recentemente deu alguns depoimentos com severas críticas ao ex-governador Paulo Souto (DEM), e ao que tudo indica, com sangue no olho e muito dinheiro no bolso. Para quem não sabe, Cavalcanti hoje pode ser considerado um dos homens mais ricos do Brasil, devido às suas descobertas de minério de ferro na região de Caetité. O milionário recebeu críticas da imprensa recentemente depois de uma entrevista que concedeu à revista Muito, dizendo que sua mansão tinha um quarto com ar condicionado, cama king e TV de LCD para seu gato e que mantinha uma coleção de 50 carros na garagem. Tomara que ele queira para o povo brasileiro o mesmo que deseja ao seu felino.
 

SALVADOR/BA: OAB-BA: PRESIDENTE DA COMISSÃO ELEITORAL COMENTA IMPUGNAÇÃO



Ademir Ismerim, presidente da Comissão eleitoral
Diante do pedido de impugnação feito pelo presidente da OAB e candidato a reeleição Saul Quadros contra as outras três chapas , a Coluna Justiça procurou o presidente da Comissão eleitoral, o advogado Ademir Ismerir, para saber o que pode acontecer a partir de agora. “o correto seria se a chapa não apresentasse membros irregularidades, mas isso é corriqueiro". Clique aqui e confira todos os detalhes na Coluna Justiça!

MINHA VISÃO SOBRE LÍDERES COM POSTURA DITATORIAL


Prof. Pedro Borges
Editor-chefe do Jornal O Guarany
 ***

Há líderes que alcançam sólida aprovação popular, que conquistam a soberania do Poder e passam a ter pleno domínio sobre os governados. O bem ou o mal que fizerem, a verdade ou a mentira que contarem, tudo é lhes correto. Todas suas ações lhes são verdadeiras, inclusive as falsas.  Têm o poder de silenciar a capacidade crítica dos cidadãos, de fazê-los aprovar erros como se fossem acertos. Impõem, pela força da posição, pelo domínio das estruturas que comandam, pelas relações que estabelecem, que os parceiros silenciem a manifestação da capacidade crítica – só permitida para expressar-lhes aplausos e aprovação. Caráter dessa natureza, a ausência da expressão crítica em relação a líderes com este perfil, sustentam no Poder, impostores ditatoriais, figuras maléficas, cujos feitos, mesmos os de visível expressão aos olhos físicos, são gravíssimos males, por terem sido gerados sob a atmosfera das trevas, com o propósito de perpetuarem-se no Poder. Ações verdadeiras ou mentirosas, operacionalizadas por esta Corte das Trevas, só podem ser recepcionadas pelos que são investidos de valores espirituais do alto, como mentira, como obra dos infernos. Os inúmeros benefícios do governo de Hitler, na Alemanha, sob a inspiração do ditador, não se sustentaram ante o tamanho do mal com que sua mente mórbida comandou e materializou a destruição de seres humanos indefesos nos campos de concentração, durante anos sucessivos. Com o líder político que impõe silêncio aos de sua relação, para ele, o certo e o reprovável tudo lhe correto. Assim agiu e pensava o ex-coronel e ex-deputado federal Hildebrando Pascoal, quando torturou, assassinou inocentes. Não fosse o discurso denunciante, quem sabe, esse cruel assassino poderia eleger-se, até governador, senador, etc. Ainda bem, vozes romperam o muro da covardia, não se inibiram, denunciaram até que este criminoso fosse preso, levado a júri popular e condenado. Esta atmosfera de soberana gravidade para os que acolhem quaisquer intervenções, quer sejam verdadeiras ou falsas,  certas ou reprováveis, como se fossem a expressão do acerto, é uma postura de grave perigo para o indivíduo e para a sociedade. Não é o discurso que se materializa pela metade nem o que se expressa cheio de receios, tampouco o que não corresponde fielmente ao que se pensa, tem o poder de repreender o mal, de inibir as ações de lideranças portadores de postura idiossincrática e ditatorial. Tem que ser um discurso veemente e de permanente operacionalidade, sem mentiras, sem paixões, até que o “soberano” se convença que em suas ações é bom que homem não erre, mas caso erre, o pior é que não se corrija.” Ou que convença o povo da importância do exercício da capacidade crítica e do discernimento político para identificar quem  de fato é portador de valores para ser seus governantes.
***.

 Post scriptum:Editorial da versão impressa do Jornal O Guarany, outubro 2009, que circula em Cachoeira, Cidade Histórica e Monumento Nacional, no Estado da Bahia, mensalmente.

LENGERIES QUE BRILHAM NO ESCURO DEIXAM MULHERES ACESAS

Roupa feita por estilistas australianos é fabricada com material fosforescente
do R7
DivulgaçãoFoto por Divulgação
O escurinho do quarto terá agora outra dimensão
***. Quem teve a ideia brilhante foram dois estilistas da Austrália, Jan Hawley e James Sutton.
Suas criações parecem calcinhas e sutiãs normais, charmosos, elegantes. Apague a luz do quarto e as peças ficam iluminadas, como se alguém apertasse o botão e ligasse. A dupla que inventou as lingeries que ficam bem claras no escuro é proprietária da LuminoGlow, empresa que fez uma propaganda curiosa em seu site: www.luminoglow.com.au. As peças são apresentadas por uma modelo. Uma lâmpada no canto do site pode ser apagada para mostrar como as peças aparecem clarinhas e brilhando no breu. Cada peça – calcinha, sutiã e babydoll – custa em média US$ 45,95 (cerca de R$ 88). A mulherada tem comprado em peso. Festinhas no escuro com o marido ou namorado podem ter agora uma luz especial.

INTERNACIONAL: REFÉM CHAMA PIRATAS DA SOMÁLIA DE "HOSPITALEIROS"

Sequestradores pedem resgate de US$ 7 milhões para soltar casal britânico
Do R7, com France Presse
ReutersFoto por Reuters
Iate do casal Chandler em uma foto de arquivo, ambos se aposentaram para viajar mais com seu barco, mas acabaram nas mãos de piratas da Somália. A refém Rachel Chandler, em uma conversa telefônica com seu irmão, Stephen, transmitida pela rede CNN, disse que para que não se preocupem com ela e que os piratas da Somália que a detém são “hospitaleiros”. Chandler e o marido, Paul, foram seqüestrados enquanto navegavam em um veleiro pela costa da Somália. Os piratas exigem um resgate de US$ 7 milhões (R$ 12,3 milhões) pelo casal, quantia que o governo britânico não pagará, informa uma reportagem do jornal britânico Times deste sábado (31). O jornal também informa que o pedido de resgate, apesar de estar acima das finanças da família Chandler, tem o aspecto positivo de ao menos abrir a negociação. O casal antecipou sua aposentadoria para passar mais tempo com o seu veleiro, o Lynn Rival, e eles vinham de uma viagem às ilhas Seychelles. O Reino Unido revelou que é possível que o casal esteja a bordo de um navio com bandeira de Cingapura que os piratas capturaram no início do mês. Um dos piratas conversou por telefone com a reportagem do Times e ele reclamou das ações da Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte) na região. - As operações da Otan tiveram muito impacto negativo aqui – elas destruíram muitos equipamentos que pertencem a pobres pescadores. Eles prendem pescadores e destroem seu equipamento, desafiando nossa administração local.

INTERNACIONAL: DEMOCRATA PRESSIONA PARA LIBERAR LOGO EMBAIXADOR PARA O BRASIL

Parlamentar Eliot Engel é presidente do comitê do Congresso americano para América Latina
Dayanne Mikevis, do R7
Edgard Garrido/ReutersFoto por Edgard Garrido/Reuters
Thommas Shannon cumprimenta um dos partidários de Manuel Zelaya na Embaixada do Brasil em Tegucigalpa. Diplomata deve se tornar próximo embaixador dos EUA no Brasil se DeMint ceder no Senado americano.
***. O representante democrata Eliot Engel (equivalente a um deputado aqui), que é presidente do comitê parlamentar americano para a América Latina, pediu a seus colegas que destravem o nome de Thomas Shannon para se tornar embaixador do Brasil. Engel fez seu apelo citando o senador republicano John De Mint, que “segura” a aprovação do nome, enquanto os EUA ficam, em entremo, sem o representante máximo de sua diplomacia no Brasil. Shannon foi mediador do acordo anunciado na noite desta quinta-feira (sexta-feira no horário de Brasília) entre o governo de fato conduzido por Roberto Micheletti em Honduras e o presidente deposto do país, Manuel Zelaya. O diplomata foi indicado pelo presidente dos EUA, Barack Obama, para assumir o cargo de embaixador no Brasil no final de maio deste ano, mas o tema está “emperrado” no Congresso americano desde então. O senador republicano Jim DeMint colocou que a aprovação de Shannon estaria condicionada ao reconhecimento das eleições hondurenhas, que se realizam em 29 de novembro, mesmo se fossem conduzidas pelo governo de fato.
Agora, com um movimento diplomático preciso do diplomata, que é atualmente subsecretário dos Estados Unidos para o Hemisfério Ocidental, Engel começou a engrossar o coro da bancada democrata pedindo a aprovação do diplomata: - Com a comunidade interamericana agora olhando para as eleições de 29 de novembro, eu peço que o senador Jim DeMint libere as excelentes indicações do presidente Obama para Arturo Valenzuela e para Tom Shannon como assistente da Secretaria de Estado para Assuntos do Hemisfério Ocidental e como embaixador do Brasil, respectivamente. Não podemos adiar mais. Agora mais do que nunca o hemisfério precisa destes dois indivíduos notáveis em seus lugares. Engel também pediu a que a Organização dos Estados Americanos (OEA) coloque um time de observadores internacionais para acompanhar as eleições hondurenhas.

INTERNACIONAL: HAIA NÃO DEVE ACEITAR PROCESSO DE HONDURAS CONTRA O BRASIL

Funcionário do tribunal afirma que corte só recebe queixas de governos reconhecidos pela ONU, que pediu a restituição de Manuel Zelaya
Fabio Murakawa, do R7
José Cabezas/AFPFoto por José Cabezas/AFP
Representante do presidente golpista Roberto Micheletti (foto) pediu abertura de processo contra o Brasil na Corte Internacional de Justiça, mas funcionário indicou que tribunal dificilmente aceitará o pedido.
***. A Corte Internacional de Justiça (CIJ), que fica na cidade holandesa de Haia, deve recusar a denúncia feita pelo governo golpista de Honduras contra o Brasil na última quarta-feira (27), apurou o R7 junto a um funcionário do tribunal. O governo liderado por Roberto Micheletti entrou com um pedido de abertura de processo contra o Brasil por intervir em assuntos internos do país.
A queixa se refere ao fato de que o presidente deposto de Honduras, Manuel Zelaya, está abrigado desde 21 de setembro na Embaixada do Brasil na capital Tegucigalpa. O governo golpista argumenta que o Brasil está intervindo em assuntos internos e que a presença de Zelaya estaria trazendo instabilidade ao país. Mas o funcionário da CIJ, que pediu para não ser identificado, descreveu dois aspectos do caso que levam a crer que a corte não colocará o Brasil no banco dos réus nesse caso:
***.

  • A CIJ só julga procedimentos de países membros da ONU (Organização das Nações Unidas), mas o atual governo não é reconhecido pela entidade.
  • A linguagem usada no comunicado emitido pelo tribunal, informando sobre a queixa, difere da normalmente usada em casos como esse.
No dia 1º de julho de 2009, a Assembleia Geral da ONU condenou a deposição de Zelaya, que havia ocorrido em 28 de junho, e pediu ao governo golpista que reconduzisse o líder ao poder "imediatamente e incondicionalmente". Isso significa que a entidade não reconhece o atual governo como legítimo, o que pode inviabilizar o processo na Corte Internacional de Haia. Além disso, segundo o funcionário, o documento emitido pela CIJ afirma em seu primeiro parágrafo que "o embaixador de Honduras na Holanda" foi quem pediu a abertura do processo contra o Brasil. A fonte indicou que isso significa que a Corte, no mínimo, ainda não tem certeza de que esse diplomata representa o país. - O documento não diz que foi Honduras quem abriu o processo, mas sim o embaixador de Honduras. Geralmente, usamos uma linguagem mais direta. Ele citou como exemplo um comunicado emitido pela CIJ em 19 de fevereiro de 2009, quando a Bélgica denunciou o Senegal por não extraditar o ex-presidente do Chade, Hissiène Habré, acusado de crimes contra a humanidade.
No primeiro parágrafo desse comunicado, a corte afirma que "a Bélgica abriu um procedimento" contra o Senegal, não seu embaixador. Tribunal vai analisar se aceita ou não o caso. O funcionário afirmou que o tribunal, "em algum momento", vai analisar a "admissibilidade" desse processo - ou seja, se pode ou não aceitá-lo e julgá-lo. Essa decisão deve ocorrer dependendo do fato de o governo hondurenho ser reconhecido como legítimo ou não. Se o caso for aceito, uma decisão deve ocorrer no prazo de um ano a um ano e meio. Mas o processo pode ser acelerado ou retardado, dependendo da vontade das partes envolvidas, explicou o funcionário. Se condenado por intervir em assuntos internos de Honduras, o Brasil pode ser obrigado a pagar uma indenização ao país. A corte normalmente não arbitra o valor dessas indenizações. - Nós sugerimos que os países negociem. Se não chegarem a um acordo, aí sim determinamos um valor.





sexta-feira, 30 de outubro de 2009

TECUCIGALPA/HONDURAS: RIVAIS CHEGAM A ACORDO PARA TERMINAR A CRISE

1 hora, 22 minutos atrás  

***. Por Sean Mattson:TEGUCIGALPA (Reuters) - Honduras está perto de colocar um fim aos quatro meses de crise política, depois que campos rivais selaram um acordo que pode restituir o presidente deposto, Manuel Zelaya, ao poder, e obter o apoio internacional para a eleição de 29 de novembro. Sob pressão de diplomatas norte-americanos, negociadores de Zelaya, deposto em um golpe militar em 28 de junho, e do líder de facto Roberto Micheletti, que o substituiu na Presidência, concordaram em deixar que o Congresso hondurenho decida se Zelaya pode ou não ser restaurado para terminar seu mandato. A decisão do Congresso deve sair nos próximos dias. "Demos o primeiro passo", disse Zelaya nesta sexta-feira, enquanto os negociadores de ambos os lados assinavam o acordo, que vai acabar com meses de isolamento da empobrecida nação. "Estou contente pelo resultado, o final será protagonizado pelo Congresso Nacional, pela Corte Suprema de Justiça e pelos outros organismos do Estado. Estou certo de que isso trará paz", disse Micheletti à rádio HRN. Desde o golpe de Estado, Zelaya, que se encontra abrigado na embaixada brasileira em Tegucigalpa desde seu regresso clandestino a Honduras há mais de um mês, tentava voltar à Presidência com o apoio da comunidade internacional. O acordo desta sexta-feira também implica a renúncia de Zelaya a qualquer tentativa de reforma da Constituição para permitir a reeleição presidencial.
***. NAS MÃOS DO CONGRESSO: O Congresso terá agora em suas mãos o destino do presidente deposto. O papel decisivo pode ficar a cargo do maior grupo de oposição, o Partido Nacional, que tem a segunda maioria no parlamento unicameral. O Partido Nacional responde ao candidato que lidera as pesquisas para as eleições de novembro, Porfírio Lobo. Lobo disse que é preciso que Zelaya retome seu mandato para que a comunidade internacional reconheça as eleições como legítimas. Se Zelaya for restituído, seu mandato terminará em 29 de janeiro. O acordo também pede a formação de um governo de unidade nacional, um comitê para garantir que as eleições de 29 de novembro não sejam fraudadas e um comitê de verdade para investigar os eventos dos últimos meses. Também pede que os governos estrangeiros revertam medidas punitivas como a suspensão da ajuda e o cancelamento de vistos para envolvidos no golpe.
(Reportagem adicional de Gustavo Palencia e Javier Lopez em Tegucigalpa, de Anthony Boadle e Deborah Charles em Washington).

ÍNDIOS ENCONTRARAM 9 SOBREVIVENTES DO AVIÃO DA FAB DESAPARECIDO

Um ocupante está desaparecido e há indícios de um possível óbito, afirmou comunicado da Força Aérea.
***. Os sobreviventes foram resgatados por um helicóptero da FAB que já estava na região como parte de uma operação de busca pelo avião, que desapareceu na manhã de quinta-feira enquanto realizava um voo entre as cidades de Cruzeiro do Sul (AC) e Tabatinga (AM), disse a FAB. A aeronave, um C-98, foi localizada por índios da tribo matis, que notificaram à Fundação Nacional do Índio (Funasa). Segundo a Aeronáutica, o avião pousou no rio Ituí, afluente do rio Javari, entre duas aldeias indígenas. O avião levava quatro tripulantes e sete passageiros, alguns deles colaboradores da Fundação Nacional de Saúde (Funasa) designados para uma missão de vacinação do Ministério da Saúde em cerca de 3,7 mil indígenas de aldeias no Vale do Javari, no Amazonas. As operações de busca com oito aeronaves se concentravam numa área determinada de acordo com o sinal de emergência emitido pelo avião 58 minutos após a decolagem, na manhã de quinta-feira.O C-98 Caravan, de fabricação Cessna, é usado para o transporte de pequenas cargas e passageiros em curtas distâncias e tem capacidade para até 14 pessoas. Na FAB, o C-98 Caravan é utilizado desde 1987 em tarefas de apoio e de transporte aeromédico e no Correio Aéreo Nacional.


NOVE SOBREVIVERAM A QUEDA DE AVIÃO NA AMAZÔNIA

O avião que havia desaparecido dos radares entre o Acre e o Amazonas na manhã desta quinta foi encontrado pela Força Aérea brasileira na manhã da sexta. Após horas de buscas, a assessoria de imprensa do órgão confirmou, inclusive, que nove dos 11 tripulantes da aeronave estavam vivos. O avião precisou fazer um pouso forçado na água por circunstâncias ainda obscuras e um dos passageiros ficou preso nas ferragens aparentemente morto. Outro militar que estava a bordo está desaparecido. Os ocupantes do avião eram sete funcionários da Fundação nacional de Saúde (Funasa) e outros quatro eram tripulantes. Houve a divulgação dos nomes de todos eles: Diana Rodrigues Soares, João de Abreu Filho, Marcelo Nápoles de Melo, Maria das Dores Silva Carvalho, Maria das Graças Rodrigues Nobre e Marina de Almeida Lima, além da enfermeira Jositéia Vanessa de Almeida. Eles participavam de uma campanha de vacinação. Os militares são: 1° Tenente Carlos Wagner Ottone Veiga; 2° Tenente José Ananias da Silva Pereira; Suboficial Marcelo dos Santos Dias; e 1° Sargento Edmar Simões Lourenço.

PAULO SOUTO CANTA SAMBA E DÁ AULA DE CIVILIDADE

Foto: Max Haack/Bahia Notícias
Durante comentário na rádio Metrópole, o presidente regional do Democratas, Paulo Souto, se empolgou com o tema e cantarolou os versos do belíssimo samba Cosme e Damião, de Jorge Veiga. “Parei meu carro na Praça Paris. Eu e a Conceição. De repente ouvi um ‘boa noite, como vai?’. Era o Cosme e o Damião. Destacaram um papel amarelo, que situação. É que distraidamente eu estacionei na contramão”. O comentário era sobre educação, civilidade e respeito às leis por qualquer cidadão, seja ele médico, desembargador, pedreiro ou secretário de Estado. Na música, um típico malando carioca da segunda metade do século XX tenta se livrar de uma multa de trânsito. Entretanto, a dupla de guardas que fazia patrulha, apelidada de Cosme e Damião, trata o camarada de forma respeitosa, mas aplica a multa e diz que agiria da mesma forma se o infrator fosse o presidente da República. (Daniel Pinto)

IPIAÚ/BA: DELAGADO ANDRÉ LUIZ SERRA É ASSASSINADO COM 4 TIROS NA CABEÇA

Ex-Coordenador de Teixeira de Freitas, André Luiz Serra era atualmente Delegado da cidade de Ipiaú, 52km de Jequié. Colegas falaram com exclusividade para o Teixeira Notícias que a cidade onde André trabalhava era tranquila e não haveriam desafetos do Delegado na localidade onde morava.
por Márcio Hacker
Foto: Souza Andrade
***. Na noite de quinta-feira (29), por volta das 19h na cidade de Ipiaú, extremo sul baiano, foi assassinado com 4 tiros o ex-coordenador de polícia civil de Teixeira de Freitas, André Luiz Serra. Delegado de Teixeira de Freitas por mais de 3 anos, André foi responsável pela primeira versão da morte do ex-Deputado Maurício Coutrin e foi transferido recentemente para a cidade de Ipiaú, 54km de Jequié, onde trabalhava como delegado titular desde maio deste ano. André foi surpreendido por 02 homens enquanto comia acarajé em frente a agência dos correios, bem próximo do local onde trabalhava em frente ao restaurante Sirenze. O delegado desceu de seu carro desarmado e foi morto com 4 tiros na região do rosto. Luiz Serra morreu na hora.

O Coordenador de Itabuna, Delegado Moisés Damasceno, e sua equipe de policiais se encontram na delegacia de Ipiaú neste momento (00:52) traçando metas para fechar o cerco aos 02 homens que fugiram em uma moto Honda NRX Bros de cor vermelha, provavelmente a mesma moto tomada de assalto na manhã desta quinta-feira nas imediações da própria Ipiaú. Segundo testemunhas, os bandidos fugiram em direção a cidade de Ubatã.
 

quinta-feira, 29 de outubro de 2009

CACHOEIRA/BA:TERREIRO DE OGUM XIROKÊ EM FESTAS DEDICADAS ÀS CRIANÇAS


Casa de santo de matriz africana, o conhecido Terreiro de Ogum Xirokê, localizado em Cachoeira, Cidade Histórica e Monumento Nacional, no estado da Bahia, no quilombo urbano do Rosarinho, na Rua da Paz,  sob a direção da yalorishá Roquelina, (1a. foto: a sacerdotiza; 2a. foto: filha de sangue e iniciada no culto dos orixás), realiza nos dias 31/10 e 01/11/2009, animada festa dedicada às crianças da comunidade, com a seguinte programação: 14h - Caruru de São Cosme; 15h - Festival das crianças com apresentação de lambadas; 16h30min - Corrida de saco; 17h - Entrega de presentes. Sucede às atividades mencionadas, animada solenidade para adultos com folia até altas horas da noite. Todas as cerimônias obedecerão a um ritual típico da cultura e fé dos ancestrais africanos com que a yalorishá Roquelina e os filhos de santo do seu Terreiro homenageiam a memória de sua linhagem fortemente presente na sucessão de quantos povoam o mencionado quilombo. O evento tem o apoio cultural do vereador Bulau da Bahia, da Empresa São Jorge, da Clara Construção e da Indústria Mastrotto Reichert.

DIRCEU TRIPUDIA DO PSDB APÓS ULTIMATO DE AÉCIO


O ex-ministro José Dirceu (PT) comentou no seu blog, em tom de ironia, o ultimato dado ao PSDB pelo governador de Minas Gerais, Aécio Neves. O mineiro comunicou ao tucanato que caso o candidato a presidente não seja definido até dezembro, se lançará na corrida pelo Senado. “Está certo, se ele não for candidato tem que cuidar de Minas ou perderá a eleição lá. Se Aécio não se movimentar em seu estado, em torno de uma candidatura sua de senador ou presidente, ele não se elege. Pelo contrário, nós ganhamos e ele fica sem nada”, escreveu Dirceu. O petista ainda tripudiou do governador de São Paulo, José Serra, apostando que o mesmo será rejeitado pelo eleitorado mineiro. “Em Minas o outro presidenciável tucano, o paulista José Serra, não vencerá. Os mineiros querem Aécio Neves candidato a presidente, sem o que votarão na nossa candidata, Dilma Rousseff, ministra-chefe da Casa Civil da Presidência da República. Podem conferir”.

TEGUCIGALPA/HONDURAS:MICHELETTI ACEITA QUE CONGRESSO DECIDA SOBRE ZELAYA




O líder de fato em Honduras, Roberto Michelleti, aceitou nesta quinta-feira o pedido do presidente deposto, Manuel Zelaya, para que o Congresso decida sobre sua restituição, abrindo caminho para a solução da crise política no país. "Falta apenas assinar (o acordo) porque, simplesmente, aceitamos que o Congresso Nacional decida (sobre a restituição). Ou seja, exatamente a proposta da comissão de Zelaya" nas negociações, disse Arturo Corrales, membro da equipe de Micheletti. "Então, porque não firmar um acordo se aceitamos a proposta do próprio senhor Zelaya"?! O diálogo entre as duas partes foi suspenso há oito dias, após a delegação de Micheletti insistir que a decisão sobre Zelaya caberia à Suprema Corte. Zelaya é acusado de 18 crimes, incluindo traição à pátria, por tentar realizar um referendo para convocar uma Assembleia Constituinte visando sua reeleição. "Já não há problema porque (...) eles queriam o Congresso e agora aceitamos isto: bem, vamos ao Congresso", disse Corrales. Antes da decisão, as instituições do Estado, incluindo a Suprema Corte, farão relatórios sobre o caso ao Congresso.


AVIÃO DA FAB DESAPARECE COM 11 PESSOAS A BORDO

Dois helicópteros e um avião realizam buscas por aparelho na Amazônia
***. Do R7
Editoria de Arte/R7Foto por Editoria de Arte/R7
Trajeto da aeronave do modelo C-98 Caravan que desapereceu sobre a Amazônia
***. A Infraero, empresa que administra os aeroportos brasileiros, informou nesta quinta-feira (29), na cidade de Cruzeiro do Sul (AC), que a aeronave da FAB (Força Aérea Brasileira) que desapareceu nesta tarde leva onze pessoas entre tripulantes e passageiros. Segundo funcionários da Infraero, os passageiros são agentes de saúde da Funasa do Amazonas, que trabalham na vacinação de comunidades indígenas perto de Cruzeiro do Sul. O avião desapareceu na manhã desta quinta durante voo realizado entre as cidades de Cruzeiro do Sul e Tabatinga (AM), segundo informou o Comando da Aeronáutica por meio de nota em seu site nesta tarde. Procurada pela reportagem do R7, a assessoria de imprensa da Aeronáutica não soube informar quantos são os ocupantes da aeronave. Dois helicópteros H-60 Blackhawk e um avião C-105 Amazonas realizam as buscas. A FAB informou que o avião, um C-98 Caravan, decolou às 8h30 (horário local) e deveria pousar às 10h15. A FAB informa em seu site que o C-98 Caravan foi fabricado pela Cessna nos EUA. Trata-se de um avião que começou a ser desenvolvido no início dos anos 1980 para transporte de pequenas cargas e passageiros em distâncias curtas.  A velocidade máxima é de 341 km/h e pode transportar um piloto e levar de nove a 14 pessoas. Vazio ele pesa 1.748 kg e pode carregar até pouco menos de duas toneladas e voar com 3.630 de carga máxima. No Brasil é utilizado desde 1987 em tarefas de apoio, utilitárias e para transporte médico na região amazônica. ***. Confira a seguir a íntegra do informe da Aeronáutica: Nota oficial - Desaparecimento de aeronave da FAB -O Comando da Aeronáutica informa que uma aeronave C-98 Caravan da Força Aérea Brasileira (FAB) desapareceu hoje (dia 29), pela manhã, quando realizava um voo entre as cidades de Cruzeiro do Sul (AC) e Tabatinga (AM). A aeronave decolou às 8h30, horário local, e deveria pousar em Tabatinga às 10h15. Dois helicópteros H-60 Blackhawk e um avião C-105 Amazonas da FAB já se encontram na região e iniciaram as buscas.

HONDURAS: GOVERNO MOVE AÇÃO CONTRA O BRASIL NA CORTE INTERNACIONAL DE JUSTIÇA de HAIA

Em ação contra Brasil, Honduras acusa Zelaya de "ameaçar paz"
***. AMSTERDÃ/BRASÍLIA (Reuters) - Em uma ação legal aberta contra o Brasil na Corte Internacional de Justiça de Haia, o governo de facto de Honduras acusou o presidente deposto, Manuel Zelaya, de usar a embaixada do Brasil em Tegucigalpa como plataforma para propaganda política, "ameaçando a paz e a ordem pública" no país. Honduras exige que o tribunal declare que o Brasil não tem o direito de permitir que sua embaixada seja usada para promover "atividades manifestadamente ilegais" de cidadãos hondurenhos. Em seu pedido, apresentado à Corte na quarta-feira pelo embaixador hondurenho na Holanda, o país da América Central disse se reservar o direito de exigir indenização por qualquer dano causado pelas ações do Brasil, sua embaixada e hondurenhos que se abrigam na representação diplomática. O governo de facto sinalizou que também poderá apresentar um pedido para a "indicação de medidas temporárias" se o Brasil não colocar um fim imediato ao tumulto. A embaixada brasileira em Haia foi notificada nesta quinta-feira da ação aberta por Honduras na Corte, informou o Itamaraty, que disse estar analisando o comunicado. Para o governo brasileiro, a medida hondurenha não será levada em consideração no tribunal, uma vez que o governo de facto não é reconhecido internacionalmente. "Não tem como prosperar", disse à Reuters um assessor do Itamaraty. "O regime de facto não é reconhecido pela ONU, não tem legitimidade na Corte Internacional de Justiça". Zelaya está abrigado na embaixada brasileira em Tegucigalpa desde que retornou ilegalmente a Honduras no mês passado. O líder foi deposto e expulso do país por militares há quatro meses depois de ser acusado de violar a Constituição na tentativa de se reeleger.
***. QUESTÕES LEGÍTIMAS
Andre de Hoogh, especialista em direito internacional da Groningen University, disse que se o Brasil rejeitou a legitimidade de Honduras, o tribunal pode suspender a decisão. Poderia, então, se iniciar uma fase separada de processos para decidir a jurisdição e admissibilidade do processo. "Se o governo de facto de Honduras pode representar Honduras como um Estado é um ponto difícil, principalmente porque ele está no controle de Honduras, mesmo se parte da comunidade internacional diz que reconhece apenas o presidente Zelaya", disse De Hoogh. Mas como Zelaya não controla o país, é possível que o tribunal de Haia reconheça que o governo de facto tem o controle efetivo, julgando a ação legal admissível, disse De Hoogh. Geralmente, casos apresentados à Corte demoram anos para serem julgados, mas se o requisitante pedir uma "indicação de medidas temporárias", os juízes podem realizar rapidamente uma ordem temporária.

ROMA/ITÁLIA: ESTUDANTE DE 94 ANOS SE FORMA EM DIREITO

Uma estudante de 94 anos foi diplomada "cum laude" em direito na Universidade de Urbino, centro da Itália, e planeja continuar os estudos, anunciou nesta terça à AFP o reitor do estabelecimento. "Adriana Jannilli, a estudante em questão, é exemplo de perseverança para os demais estudantes", declarou o reitor, Stefano Pivato."Foi notável sua tese sobre a questão da violência contra as mulheres e obteve excelentes notas nos demais exames", acrescentou Pivato. Adriana Jannilli, conselheira empresarial aposentada, é graduada em línguas orientais, em ciências políticas e, agora, em direito. Pretende especializar-se num ramo do direito. "Dá provas de vivacidade e lucidez incríveis. Parece 20 anos mais jovem", afirmou o reitor, precisando que a senhora Jannilli se entendia bem com os demais alunos, com idade média de 20 anos.

OPOSIÇÃO ABANDONA CPI DA PETROBRAS


A oposição ameaçou ontem abandonar a CPI da Petrobras em protesto contra o rolo compressor do governo, que controla oito das 11 vagas na comissão. O motim foi iniciado pelo senador Álvaro Dias (PSDB-PR). Ele se retirou da sessão, seguido por Sergio Guerra (PSDB-PE) e ACM Junior (DEM-BA), acusando os governistas de agirem em parceria com a estatal para travar as investigações. O relator, Romero Jucá (PMDB-RR), líder do governo, rebateu as críticas e disse que a CPI continuará com ou sem a minoria. Dias defendeu que nenhum deles volte à CPI. "Nunca houve CPI como essa, que não investiga. Há casos inquestionáveis de superfaturamento e desvios. Não podemos ser cúmplices dessa farsa". A proposta será discutida pelo DEM e pelo PSDB.

SALVADOR/BA:VICE-PREFEITO RECEBERÁ HOMENAGEM NO CONGRESSO


O vice-prefeito de Salvador, Edvaldo Brito, será agraciado com a Medalha do Mérito Legislativo do Congresso Nacional. A indicação para a homenagem foi feita pelo deputado Sérgio Carneiro (PT). A honraria foi instituída em 1983, com o objetivo de homenagear cidadãos, instituições ou entidades, campanhas, programas ou movimentos de cunho social, civis ou militares, que marcaram o Brasil por suas contribuições, tanto no âmbito legislativo quanto em outras áreas. A homenagem será prestada em sessão do Congresso Nacional que será realizada no dia 11 de novembro, às 15h, no Salão Negro do Senado, em Brasília.

FIDEL CASTRO "ESTÁ MARAVILHOSO", AFIRMA DIRETORA DO OMS DEPOIS DO ENCONTRO

Margaret Chan ficou impressionada com a boa forma do líder cubano e com os conhecimentos dele em saúde pública.

EFEFoto por EFE
Margaret Chan disse que admitiu a Fidel Castro a admiração dela pelo sistema de saúde de Cuba

A diretora-geral da OMS (Organização Mundial de Saúde), Margaret Chan, disse nesta quarta-feira (28) que o líder cubano Fidel Castro, com quem conversou por mais de duas horas, "está maravilhoso, forte e muito dinâmico". Margaret disse em entrevista à imprensa ao final de uma visita de cinco dias a Cuba, para comentar seu encontro na tarde desta terça-feira (27), que manteve "uma longa conversa" com Fidel.
O ex-presidente cubano, de 83 anos, afastado do poder por uma severa crise de saúde desde julho de 2006, recebeu Margaret na casa dele, na zona oeste de Havana. Margaret, que tem 62 anos, ficou impressionada com a boa forma de Fidel.. - Ele me acompanhou até o portão da casa, e era uma distância considerável. Sou mais jovem e me senti cansada, não ele. A diretora-geral da OMS  acrescentou que, durante o encontro, os dois analisaram as respostas à gripe H1N1, "os desafios atuais e futuros da mudança climática, a atenção aos portadores de deficiência e a situação de crianças com problemas de audição". Margaret elogiou os conhecimentos médicos de Castro. - Tenho que destacar a impressionante compreensão de Fidel Castro de saúde pública e seu compromisso com a saúde dos cubanos. Margaret brincou, dizendo que Fidel conhece mais de saúde pública do que muitos médicos. A visita da diretora-geral da OMS é a terceira que Castro recebe em menos de uma semana, depois de se encontrar com o teólogo brasileiro Frei Betto e o vice-presidente do Equador, Lenin Moreno.

SÃO PAULO: HÓSPEDE ABUSA DE CRIANÇA DE TRÊS ANOS NO INTEIROR DE SÃO PAULO


Absurdo! Acesse ao vídeo.

Instale o Flash Player para assistir a este vídeo
O pai da menina flagrou o amigo, que estava hospedado em sua casa, nú tentando agarrar a menina na sala. O acusado foi preso em flagrante por estupro.

EDUCAÇÃO OBRIGATÓRIA: SENADO APROVA ENSINO GRATUITO A PARTIR DE 4 ANOS E MAIS VERBAS PARA O SETOR

Ministério da Educação terá mais R$ 9 bilhões de reais em verbas a partir de 2011
***. O Senado aprovou na noite de quarta-feira (28) uma PEC (Proposta de Emenda à Constituição) que aumenta a obrigatoriedade da educação básica gratuita para todos os brasileiros por mais seis anos. A proposta também aumenta em R$ 9 bilhões as verbas anuais para a educação.Hoje, a Constituição estabelece que a educação tem que ser dada para todos os jovens de 7 a 14 anos (ensino fundamental ou o antigo primeiro grau). Com esta alteração, que ainda precisa ser sancionada pelo presidente Lula, o ensino será obrigatório para todas as crianças de 4 a 17 anos e também “para todos os que não tiveram acesso ao ensino na idade apropriada”, conforme informa o site oficial do Senado. A proposta será implementada aos poucos e começará a valer em sua totalidade até 2016, “nos termos do Plano Nacional de Educação, com apoio técnico e financeiro da União”, informa a Agência Senado. Ainda segundo o governo, o Estado será responsável em “propiciar atendimento ao educando em todas as etapas da educação básica, por meio de programas suplementares de material didático-escolar, transporte, alimentação e assistência à saúde”. A proposta também acaba, gradativamente, com a incidência da DRU (Desvinculação das Receitas da União) sobre os recursos do governo federal destinados à educação. Com a DRU, 20% das verbas destinadas à educação ficavam bloqueadas para o governo poder usar em outras áreas. A alíquota cai para 12,5% em 2009, 5% em 2010 e não atingirá mais os recursos destinados à educação em 2011. Com isso, o Ministério da Educação vai ter mais R$ 9 bilhões em caixa por ano a partir de 2011. Em 2009, o valor a mais será de R$ 4 bilhões e, em 2010, de R$ 7 bilhões. - Fizemos as contas e a educação perdeu cerca de R$ 100 bilhões nesse período. Poderíamos ter formado todos os professores e matriculado todas as crianças na educação infantil - disse o ministro da Educação, Fernando Haddad.

DILMA RESPONDE AOS GOLPISTAS DE HONDURAS SOBRE O BRASIL

Governo de Michelleti quer denunciar Brasil no Tribunal de Haia
***. A ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, respondeu à decisão do governo golpista de Honduras de ingressar com uma queixa contra o Brasil no Tribunal de Haia. Os golpistas alegam que o governo brasileiro fez de sua embaixada em Honduras refúgio para o presidente deposto Manuel Zelaya, informou a chancelaria em comunicado. Zelaya está na Embaixada do Brasil desde 21 de setembro. Em entrevista para a Agência Brasil, ela disse que é o governo golpista, liderado por Roberto Michelleti, é quem deve explicações. - O Brasil não está interferindo em nada. O Brasil simplesmente acompanha esse assunto de forma a ter uma posição que representa o que é a nossa convicção de direito humanos, direito internacional e respeito mínimo ao que é estipulado sobre direito de abrigo, afirmou Dilma ao chegar para jantar com a bancada do PP na casa do deputado Mário Negromonte (BA), líder do partido.


quarta-feira, 28 de outubro de 2009

REPÚBLICA DOMINICANA CRITICA A LA OEA POR CRISIS POLÍTICA EN HONDURAS

República Dominicana critica a la OEA por crisis política en Honduras 
***.
Publicado: 28 oct. 2009 8:40 PM
El Presidente de la República, Leonel Fernández, calificó de inoperante la gestión de la Organización de Estados Americanos (OEA) ante la crisis política de Honduras. Así lo afirmó al periódico hispano El Nuevo Herald, argumentando que "es inconcebible que habiendo tanta condena al golpe, todavía el Gobierno de facto de Roberto Micheletti esté al poder, y me pregunto de qué sirven estos organismos si sus mandatos no se cumplen." Recalcó que "la OEA tiene unos mecanismos que hoy nos damos cuenta que son deficientes, porque resulta que no hay ninguna decisión que ponga fin al régimen de facto instalado en Honduras." El mandatario dominicano aprovechó de condenar la insensatez de algunos países, sobre todo europeos, que han intentado no reconocer la democracia en Honduras.

LIBERDADE DE IMPRENSA NA AMÉRICA LATINA

Pastor Landívar
Um repórter da emissora hondurenha Rádio Globo protesta em Tegucigalpa não dia 30 de setembro de 2009. Conforme a Repórteres Sem Fronteiras, a liberdade de expressão em Honduras foi atingida durante a crise política do país. REUTERS/Henry Romero
Um jornalista independente protesta em Caracas no dia 18 de setembro de 2009. A Sociedade Interamericana de Imprensa noticiou um aumento do número de ameaças e leis de censura na América Latina. REUTERS/Edwin Montilva
27 de outubro
AMÉRICA LATINA — A América Latina não é atualmente o melhor lugar para trabalhar como jornalista. Conforme o último relatório anual da organização Repórteres sem Fronteiras (RSF), a liberdade de expressão "está afundando" na América Central e sofrendo "altos e baixos" na América do Sul. O Índice de Liberdade de Imprensa da RSF abrange o período entre setembro de 2008 e setembro de 2009 e leva em conta agressões, assassinatos, prisões e ameaças contra jornalistas, casos de censura e autocensura e ainda a existência de monopólios estatais de rádio e televisão. Honduras é o país onde a liberdade de expressão levou a pior surra. Conforme a EFE, a sucessão presidencial em junho teve um grande impacto sobre a liberdade de imprensa do país, que está na posição 128 entre 175 países. El Salvador, onde quadrilhas atacaram a imprensa e assassinaram o cineasta Christian Poveda, caiu para o 79º lugar. A situação é ainda pior na Guatemala, que está em 106º. Já na Nicarágua a tensão entre a imprensa e o governo de Ortega derrubou o país para o 76º lugar. O país com a pior classificação em toda a região é Cuba (170º), onde, conforme a RSF, a liberdade de expressão não existe e sites e blogs de oposição foram silenciados por uma nova onda de repressão. A situação no México (137º) também é complicada. "Em um estado de guerra civil virtual desde o lançamento de uma grande ofensiva federal contra o tráfico de drogas em 2006, ele manteve o seu trágico status de país mais perigoso do hemisfério para jornalistas, com 55 mortos desde 2000", noticiou El Universal. A RSF também observou um aumento no número de processos judiciais abusivos contra meios de comunicação na República Dominicana (98º). Na América do Sul, a Colômbia (126º) tem problemas semelhantes aos do México. Sequestros, assassinatos e ameaças contra jornalistas contribuem com a classificação ruim. Apenas duas posições acima da Colômbia está a Venezuela, onde a Repórteres Sem Fronteiras afirma que a liberdade de imprensa caiu porque o governo está constantemente mudando as regras que regem a radiodifusão "com o objetivo de silenciar persistentemente os seus críticos". A Bolívia subiu dez posições e chegou ao 95º lugar, uma melhora que, conforme El Deber, foi causada pela interrupção da violência política que estava por trás dos ataques a jornalistas. Contudo, o país caiu 78 posições desde 2006, quando, juntamente com Trinidad e Tobago, tornou-se brevemente a nação com o melhor índice de liberdade de expressão do hemisfério sul. Enquanto o Equador (84º) caiu na tabela, o Peru (85º) e o Brasil (71º) se moveram na direção oposta. As melhores classificações na América Latina cabem a Argentina (47º), Chile (39º), Costa Rica (30º) e Uruguai (29º), que a Repórteres Sem Fronteiras coloca "no mesmo nível de muitos países europeus". Conforme o seu site ( www.rsf.org), a Repórteres Sem Fronteiras é uma organização não governamental (ONG) internacional registrada na França cujo objetivo é defender a liberdade de imprensa e os jornalistas e blogueiros que estão sendo presos e perseguidos por fazerem o seu trabalho.

RIO DE JANEIRO: ROTARY CLUB DE NOVA IGUAÇU EM FESTAS & AÇÕES

Integrante do quadro comemora 50 anos com freqüência 100% 

***. O empresário Sílvio Coelho, presidente das Indústrias Granfino, rotariano militante durante meio século, 50 anos com freqüência integral, classificando-se como sócio 100%, seus companheiros em concorrida solenidade com que todos unidos comemoraram a referência,  um dos mais fortes exemplos da comunidade rotariana internacional,  recepcionou membros da Instituição, familiares de rotarianos e convidados, em concorrido banquete no dia 24/01/2009. Na seqüência, o Rotary executou serviços de seu programa de Ação Social na comunidade, materializando medidas de reconhecida importância para a comunidade de Nova Iguaçu. 
Flashes das solenidades:





SALVADOR/BA:DEPUTADO BACELAR COBRA RECONHECIMENTO DO PT AO GOVERNO PAULO SOUTO


 
O deputado João Carlos Bacelar (PTN) cobrou reconhecimento do PT atribuindo o sucesso do Palácio das Artes Rodin Bahia ao governo Paulo Souto. ''Este governo, que vive a olhar para o retrovisor, que não apresenta nada de novidade, agora vai ter que assumir que, se consegue aparecer é graças a ''herança maldita'', constatou Bacelar.
Hoje, o governo Jaques Wagner inaugura para o grande público, a exposição de Auguste Rodin na antiga propriedade dos Bernardo Martins Catharino, na Graça. ''Quero ver se a propaganda do Estado vai apresentar esse trabalho que começou a ser desenvolvido em 1995, como obra do atual governo'', disse Bacelar. O deputado lembrou que o trabalho de atração do Museu Rodin para a Bahia foi iniciado em 1995, quando a primeira exposição de Rodin veio para o Brasil e se instalou na Pinacoteca de São Paulo, administrada, na época, pelo baiano Emanoel Araújo. ''O artista plástico Emanoel Araújo trouxe a idéia de instalar um museu com as peças de Rodin, o pai da escultura moderna, para a Bahia e o governador Paulo Souto comprou a idéia''. ''Em 2002 começaram as negociações com Museu Rodin de Paris e o governo baiano, a fim de realizar o sonho de Emanoel Araújo''. ''Enquanto isso, paralelamente, o governo baiano já preparava o Palacete dos Martins Catharino para abrigar o museu, trabalho que acabou em 2006 ao custo de R$15 milhões''. ''Portanto, essa exposição que está sendo inaugurada agora foi fruto do trabalho iniciado no governo Paulo Souto''. ''As primeiras exposições e peças de Rodin foram trazidas para a Bahia no governo Paulo Souto'', concluiu Bacelar.***.Acesse o site do deputado: www.joaocarlosbacelar.com.br

SALVADOR/BA:FERNANDO BARROS NEGA CAMPANHA DE GEDDEL


O publicitário Fernando Barros, em contato com o BN, negou que esteja em negociação com o ministro da Integração Nacional, Geddel Vieira Lima, para trabalhar pela campanha política de 2010, como tem sido divulgado amplamente com destaque nacional. Barros afirma que desde a morte do senador ACM, com quem mantinha uma relação pessoal, vem realizando campanhas e ganhando contas fora do Estado, a exemplo da Casa Civil da Presidência da República e do ministério da Saúde. Barros nega ainda a autoria de um clipe que denigre a imagem do governo Wagner e que está sendo veiculada no youtube. Ele ainda afirma que vários ex- colaboradores seus teriam condições e perfil de ter criado o vídeo.

SALVADOR/BA: BAHIA VENCE JUVENTUDE E SAI DO Z4


O torcedor do Bahia foi dormir aliviado na noite de ontem, pois, o tricolor, surpreendeu, vencendo o Juventude, em Caxias do Sul, no estádio Alfredo Jaconi, por 1 x 0, e saindo da zona de rebaixamento. Com esse resultado, o clube baiano pula para a décima sexta colocação, chegando aos 38 pontos, e se beneficiando da derrota do América-RN, para o Bragantino, por 2 x 1. Na próxima rodada, que acontece no dia 06, o time comandado por Paulo Bonamigo encara o Fortaleza, em Pituaçu e, vencendo, pode se afastar de vez do perigo da degola. Confira tudo na Coluna de Esportes.

SERVIDORES REPROVAM GOVERNO WAGNER

Um governo de postura “pouco madura e arrogante” no trato com os servidores públicos, que adotou “atitudes antipáticas e unilaterais”, teria descumprido acordos, produzindo depois de três anos insatisfação e frustração no funcionalismo. É com este clima que os servidores “comemoram” nesta quarta o seu dia. Essas observações o jornal A Tarde teve acesso, o “Relatório de análise das relações políticas dos trabalhadores públicos com o governo do estado da Bahia, na gestão Jaques Wagner”, produzido pela Federação dos Trabalhadores Públicos (Fetrab), que congrega 19 sindicatos de servidores estaduais e apoiaram a eleição do governo petista em 2006. Esse conjunto de sindicatos equivale a 80% dos 267 mil servidores do estado. Sem ter grande parte das reivindicações atendida, apesar das expectativas de mudanças, o clima entre representantes das entidades é de desolação. O relatório, elaborado após plenárias realizadas este ano pelos sindicalistas, está sendo divulgado entre sindicalistas e deputados no momento em que os servidores iniciam a última campanha salarial do governo Wagner (PT), cuja data-base é em janeiro. Na visão dos trabalhadores, o único ganho a comemorar foi a recuperação do vencimento básico do funcionalismo.

LADRÕES DO FOME ZERO: FRAUDES DE R$ 1 MILHÃO NO FOME ZERO

Inspetores da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) descobriram fraudes e irregularidades no Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), com suspeita de desvio de verbas federais em convênios que totalizam cerca R$ 6,5 milhões, nos estados da Bahia e Sergipe. O PAA é um subprograma do Fome Zero. Os primeiros casos foram detectados em municípios do interior sergipano e já estão sendo investigados pela Polícia Federal (PF) e pelo Ministério Público Federal (MPF). Situações idênticas foram flagradas por fiscais em cidades baianas e constam nos relatórios da Conab. Cooperativas agrícolas, algumas ligadas ao Movimentos dos Sem-Terra (MST), falsificaram documentos do PAA, usaram nomes de agricultores indevidamente, supostamente para desviar verbas do programa, que prevê o incentivo à agricultura familiar e a doação de alimentos a pessoas carentes. Os inspetores do Conab, órgão federal gestor do PAA, descobriram que até o nome de agricultores já falecidos foram usados pelos responsáveis de cooperativas e associações rurais para se beneficiarem do programa. As fraudes começaram a ser descobertas a partir de abril deste ano. Na época, a Conab iniciou, no estado de Sergipe, as inspeções na execução do programa, encontrando as primeiras irregularidades. Na Bahia, as fraudes chegam a R$ 1 milhão. As informações são do jornal A Tarde.

PM É MORTO NA BAIXA DOS SAPATEIROS

O soldado da Polícia Militar Josué Elias Pedro Vilas Boas dos Prazeres, 45 anos, foi morto por volta das 16h desta terça-feira (27) nas proximidades do Mercado São Miguel, na Baixa dos Sapateiros. Ele foi atingido por dois tiros disparados por dois homens que passavam em uma motocicleta. O militar, lotado há 21 anos no 18º Batalhão, estava de folga no momento do crime. Conforme a assessoria de comunicação da PM, o caso já está sendo investigado. Este é o 13º assassinato de policiais este ano na Bahia.

AÉCIO NEVES ESPERA PSDB ATÉ DEZEMBRO


O governador mineiro Aécio Neves, também pré-candidato a presidente pelo PSDB, reiterou a aliados ontem em Brasília o que dissera semana passada ao ex-presidente Fernando Henrique e ao presidente do seu partido, senador Sérgio Guerra: só até dezembro aguardará a decisão do tucanato. Se o partido não organizar as prévias para a escolha do seu candidato e adiar uma definição para março, como defende o governador de São Paulo, José Serra, o Aéciovai se lançar para o Senado e cuidar da sucessão em Minas Gerais. As informações são do jornal O Globo.

CAIXÃO DE DEFUNTO COM TELA DE COMPUTADOR

Designer inventa a tecnotumba, o primeiro caixão interativo

Máquina russa colocada em caixões trará informações detalhadas numa tela de computador sobre o morto, além de gravações de áudio e vídeo
do R7

Getty ImagesFoto por Getty Images
A tecnotumba será mais simples que este modelo de túmulo - com uma tela de computador interativa sobre a lápide.O designer Andréi Golovin, russo de 29 anos, criou a engenhoca para que seus familiares pudessem lembrá-lo de uma maneira mais tecnológica. Seu caixão tem um aparato que integra o mundo dos vivos com o dos mortos - ou pelo menos com a memória dele.Mas a teletumba, como foi chamado o invento que já chamou atenção da indústria funerária na feira Necrópolis-2009 - realizada em Moscou, sobre as novidades do ramo -, terá produção maior, pelo visto. Muitos já se interessaram pela engenhoca, movida a energia solar. A lápide terá uma tela de computador, em que se poderá assistir a vídeos e depoimentos deixados pelo ocupante do caixão. Também terá acesso a dados biográficos sobre o morto. Reunirá textos dele, se houver, fotos do orkut e mensagens deixadas a família. Não para por aí. Uma webcam – colocada por fora do caixão, só para avisar – e um microfone captarão depoimentos, in loco ou não, de amigos e parentes. Pode-se, por exemplo, observar o túmulo pela internet, a qualquer hora do dia, e, digamos, interagir com ele, deixando mensagens. “O sistema da máquina será à prova de chuva e calor, com sistema de segurança integrado à central do cemitério”, diz Golovi a jornais locais. A empresa Ritual, da Rússia, manifestou interesse em produzir algumas teletumbas. E pode até lançá-las em 2010.

MEGA-SENA: O PRÊMIO PODERÁ SER DE R$22 MILHÕES NESTA QUARTA-FEIRA

A Caixa Econômica Federal estima em R$ 22 milhões o prêmio para quem acertar as seis dezenas da Mega-Sena que serão sorteadas na noite desta quarta-feira (28). O prêmio acumulou no sorteio do último sábado (24).  Os números sorteados no sábado - do concurso 1.120 - foram 07, 35, 40, 44, 50 e 55. Sessenta e três pessoas acertaram a quina e levaram R$ 30.741,97cada. Outras 4.116 acertaram a quadra e vão receber R$ 672,20. O valor total da arrecadação foi de R$ 33.081.040.  Até hoje, o maior prêmio da Mega-Sena saiu em 1999, quando um apostador de Salvador ganhou R$ 64,9 milhões. O valor mínimo para aposta, com seis dezenas, é de R$ 2. Os apostadores que quiserem concorrer ao prêmio de R$ 22 milhões têm até as 19h de hoje para tentar a sorte.

BRASÍLIA/DF:DEPUTADOS VOTAM NESTA QUARTA-FEIRA A VOLTA DA EXIGÊNCIA DO DIPLOMA PARA JORNALISTAS

Proposta tem voto favorável do relator, deputado Maurício Rands (PT-PE)
***. O projeto que restabelece a obrigatoriedade do diploma para o exercício da profissão de jornalista será votado na CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) da Câmara nesta quarta-feira (28). O parecer do relator, deputado Maurício Rands (PT-PE), é favorável à constitucionalidade da matéria.Rands alega que a proposta (PEC 338/09) não ofende as cláusulas invioláveis da Constituição: forma federativa do Estado, voto direto, secreto, universal e periódico, a separação dos Poderes e os direitos e garantias individuais.Em junho, o STF (Supremo Tribunal Federal) acabou com a obrigatoriedade do diploma para o exercício da profissão com o entendimento de que a exigência feria a liberdade de expressão prevista na Constituição.O deputado cita trecho do voto do ministro Marco Aurélio - o único do STF que decidiu pela manutenção do diploma. “O jornalista deve ter uma formação básica, que viabiliza e atividade profissional, que repercute na vida dos cidadãos em geral [...]. Tendo o profissional um nível superior estará mais habilitado à prestação de serviços profícuos à sociedade brasileira.” O relatório de Rands ainda afirma que a obrigatoriedade do diploma não revoga o direito ao exercício da profissão dos jornalistas que tenham registro precário.

SÃO PAULO/SP: CONSTRUTORAS QUE DISPUTAM CONTRATOS EM SÃO PAULO DOARAM MAIS DE R$1 MILHÃO PARA VEREADORES DA CAPITAL

Para especialista ouvido pelo R7 o repasse é ''lobby'' das empresas que vão cobrar fatura depois que os políticos financiados forem eleitos na Câmara.
***. Duas das principais construtoras do país doaram mais de R$ 1 milhão diretamente para vereadores eleitos de diferentes partidos no ano passado em São Paulo. Levantamento do R7 feito com base nos dados do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) mostra que a Camargo Corrêa doou R$ 400 mil a seis políticos e a OAS repassou R$ 950 mil para 11 vereadores, totalizando R$ 1,35 milhão sem contar o que foi doado para os comitês dos partidos, as chamadas doações ''ocultas''.Em alguns casos, as duas construtoras contribuíram para um mesmo candidato, como o caso do presidente da Câmara, Antonio Carlos Rodrigues (PR), que recebeu R$ 150 mil da Camargo Corrêa e R$ 100 mil da OAS. Procurado pela reportagem, o advogado do vereador, Ricardo Porto, disse que as doações são lícitas, previstas em lei e que este é o ''financiamento que existe no Brasil, o financiamento privado''. A Camargo Corrêa informou que todas as doações foram feitas por ela de forma legal e estão devidamente registradas no TSE. A OAS também foi procurada e não respondeu ao R7. Na semana passada, a Justiça eleitoral cassou o mandato de 13 vereadores de São PauloAs construtoras costumam contribuir em peso para candidatos na corrida eleitoral, de olho em uma ''troca de favores'' com os políticos responsáveis pela viabilização de obras públicas - como viadutos, rodovias e hospitais - e apresentação de emendas no Orçamento que garantem dinheiro para esses projetos. Para candidatos do país inteiro, diretamente, a OAS doou R$ 6, 9 milhões, mais de três vezes o que doou a Camargo Corrêa, que repassou R$ 2 milhões em 2008. O advogado especialista em direito eleitoral, Alberto Rollo, diz que as doadoras vão ''cobrar a fatura'' depois das eleições. - Todas as pessoas jurídicas [empresas] têm interesses lá adiante. Só quem não tem interesse na doação que faz para o candidato é o pai e a mãe dele, quem sabe algum irmão. É o tal do lobby, é sempre troca de favores e nesse jogo não tem inocentes, só o pai e a mãe do candidato. Todo mundo só quer doar para o partido. O repasse para o partido é conhecido como oculto porque o doador não precisa se vincular a nenhum candidato - ele repassa o dinheiro para o comitê e é o partido que distribui a contribuição. O nome do doador só é revelado seis meses depois das eleições. O advogado disse que este tipo de mecanismo compromete a transparência das doações para que depois se possa cruzar dados para ver ''qual empresa, empreiteiras, qual ganhou a obra, quanto custou, se ela foi superfaturada, se foi executada''. - Tinha uma maneira de moralizar um pouco mais que era essa que as doações feitas para os partidos teriam que ser declaradas também como doações para os candidatos, no ano da eleição. Aqui temos que decidir: ou não faz lobby de jeito nenhum ou não vamos vir com esse hipocrisia de dizer que todos os que contribuem com campanha de candidatos não tem interesse. O cientista político José Paulo Martins, da Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo, disse que o financiamento de campanha é uma questão nebulosa e que uma saída seria o financiamento público com fiscalização de fora. Segundo ele, esperar "reforma política de políticos é esperar nada". - Os doadores financiam diversos partidos e depois de um certo período pressionam estes políticos para conseguir as suas coisas. As eleições são muitos baseadas no poder econômico quem tem dinheiro tem mais chance de ganhar. Um exemplo: tanto a Camargo como a OAS participam com outras importantes construtoras do consórcio Via Amarela, que é responsável pelas obras do metrô da linha-4 (Amarela). A obra, que pretende integrar todo o sistema metroferroviário da região metropolitana de São Paulo, será implantada em duas etapas e a primeira delas tem previsão de entrega entre o final de outubro de 2009 e fevereiro de 2010, que receberam nas eleições do ano passado doações irregulares da AIB (Associação Imobiliária Brasileira). O Ministéro Público diz que a entidade é uma fachada do Secovi (sindicato da habitação) para financiar campanhas. A AIB nega as irregularidades, assim como os vereadores cassados, que ficam no cargo até que todos os recursos sobre o assunto sejam julgados.

terça-feira, 27 de outubro de 2009

RIO DE JANEIRO/RJ: JUSTIÇA CONDENA A EDITORA ABRIL A PAGAREM INDENIZAÇÃO AO EX-PRESIDENTE E ATUAL SENADOR COLLOR DE MELLO

A 12ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro condenou nesta terça-feira (27) a editora Abril e o jornalista Roberto Civita a pagarem uma indenização de R$ 30 mil por danos morais ao ex-presidente da República e atual senador Fernando Collor de Mello. Segundo o Tribunal, Collor entrou com uma ação contra a editora por ter sido alvo de uma reportagem da revista Veja em julho de 2004 em que foi chamado de corrupto e teve seu nome vinculado, em matéria de internet, a pessoas condenadas por corrupção. De acordo com o órgão, o ex-presidente alegou que teve honra e imagem maculadas devido à publicação da matéria, na qual ele e mais cinco pessoas são acusados de participarem de um esquema de corrupção na década de 1990 comandado pelo tesoureiro de sua campanha, Paulo César Farias, que foi assassinado em 1996.
A relatora do processo, desembargadora Nanci Mahfuz, destacou que mesmo que assegurada a liberdade e afastada a censura dos meios de comunicação pela Constituição Federal, a imprensa não pode emitir comentários e opiniões que venham a atingir a honra das pessoas. Segundo a magistrada,a imprensa deve respeitar os limites da liberdade, não praticando ofensa ao direito à honra e à dignidade, também garantido pela Carta Maior. "Se a notícia ou reportagem imputa crime a quem foi absolvido e deseja reconstruir sua vida, superando episódio nefasto, é de se reconhecer a dor moral", diz a sentença.


FACÇÕES SE UNEM PARA COMBATER QUADRILHA QUE INVADIU O MORRO DOS MACACOS

Facções se unem para combater quadrilha que invadiu morro dos Macacos

“Pacto” de não agressão inclui compra de drogas e divisão de lucros entre gangues
Mario Hugo Monken, do R7, no Rio.
***. Duas facções criminosas que comandam favelas cariocas adotaram um "pacto" de não agressão para combater a quadrilha responsável pela invasão ao morro dos Macacos, em Vila Isabel, zona norte do Rio de Janeiro, no último dia 17, segundo informações de investigadores das Delegacias de Combate às Drogas (DCOD) e Repressão às Armas e  Explosivos (DRAE). Policiais disseram que, com este pacto, as duas facções, que foram unidas até 2002 e depois se separaram, não atacam comunidades dominadas pela outra e priorizam as invasões ao grupo que tem como base o complexo de favelas do Alemão, na zona
norte e que atacou o morro dos Macacos. O delegado-titular da DCOD, Marcus Vinícius Braga diz que as facções não brigam pelo tráfico. - Essas facções compram drogas juntas e dividem os lucros. Se houver brigas entre elas, é pessoal. Na semana passada o Rio de Janeiro viveu uma semana de muita violência. Desde a invasão no Morro dos Macacos no sábado passado (17), 41 morreram em confrontos entre traficantes rivais ou entre bandidos e a polícia. Nesta segunda-feira (26), uma dona de casa de 24 anos morreu baleada na favela Kelson’s, na zona norte, durante confronto entre policiais e traficantes. A filha dela, de 11 meses, que estava em seu colo também foi atingida, mas passa bem. O "pacto" une as comunidades da Rocinha, zona sul, São Carlos, zona central e Macacos, na zona norte, controladas por um mesmo grupo, com as de Acari, Parada de Lucas, Serrinha, Dendê, complexo da Maré [Vila dos Pinheiros e Vila do João] na zona norte, e o complexo de favelas de Senador Camará, zona oeste, que são vinculadas a outra facção. Os policiais dizem que entre essas favelas não haverá guerra. Essa "aliança" pode ir além de um pacto de não agressão. Policiais afirmam que, membros de um grupo se abrigam em favelas dos outros e já realizaram ações conjuntas, como a invasão à favela ladeira dos Tabajaras, em Copacabana, zona sul, no início do ano.
As investigações indicam, porém, que as quadrilhas comandadas pelos traficantes Sassá e Celsinho da Vila Vintém, ambos presos, que pertencem a mesma facção que controla a Rocinha, ficaram de fora do acordo e estão isolados. Ambos têm rixas com os bandidos do outro grupo. Sassá domina o conjunto de favelas do Caju, na zona portuária e os morros da Pedreira e Lagartixa, em Costa Barros, zona norte e Celsinho, a favela Vila Vintém, em Padre Miguel. Pelo "acordo", essas favelas poderão ser atacadas pelos "aliados", que não haverá intromissão. Os agentes, dizem que a ajuda só vai ocorrer caso haja tentativa de invasão por parte da facção que atacou os Macacos.






SOBRENATURAL:TRECHOS DO ALCORÃO SURGEM REPENTINAMENTE NAS PERNAS DE UM BEBÊ RUSSO

Trechos do Alcorão ou Dermografismo?

Pais de um bebê de nove meses disseram que trechos do Alcorão, livro sagrado dos muçulmanos, estão aparecendo nas costas, nos braços e nas pernas da criança, na Rússia. A primeira palavra, segundo eles – “Alá” – surgiu no queixo de Ali Yakubov. Depois disso, os pais da criança o levaram ao médico buscando uma explicação. “Nós nunca fomos muito religiosos, mas quando as palavras começaram a aparecer e os médicos não nos davam nenhuma explicação, começamos a achar que era algo divino mesmo”, disse Madina, mãe de Ali, em entrevista ao jornal britânico “Daily Mail”. Segundo ela, os sinais aparecem duas vezes por semana. “Normalmente eles surgem na segunda-feira e na noite de quinta para sexta-feira”. Quando isso acontece, Ali fica nervoso, chora e tem febre. “É impossível segurá-lo quando as palavras estão aparecendo, então o colocamos no berço. Mas é muito ruim ver o quanto sofre”, disse a mãe. A história de Ali se espalhou pela Rússia. A casa onde ele mora com a família, em um vilarejo no Daguestão, se transformou em um local de peregrinação para muçulmanos. Para o deputado regional Akhmedpasha Amiralaev, o menino é especial. “Alá o enviou ao Daguestão para colocarmos fim às revoltas e à tensão em nossa república”, afirmou.