sábado, 31 de outubro de 2015

Moisés e o Faraó

Há indivíduos revestidos de postura dominadora, autoritária, ditatorial. Não guardam respeito pelo próximo, nem pelos familiares. Buscam manter pessoas como se fossem cativas sob manifesta humilhação e opressão. Julgam-se iguais ao Maioral, acreditam-se serem deuses. As circunstâncias puseram Moisés junto ao faraó Ramsés, desde a infância. Um, o faraó, chefe opressor, o outro, líder ungido por Deus para libertar o povo hebreu do cativeiro egípcio e conduzi-lo à Terra Prometida.
Observa-se na postura do líder, ungido do Senhor, o espírito de fraternidade, a coragem para enfrentar o opressor, com absoluta firmeza.
Moisés jamais baixa a cabeça para o faraó. Fala-lhe com altivez, segurança, firmeza de propósitos.
O faraó humilha os súditos de sua corte, com palavras e gestos, mesmo os que materializam suas ordens opressoras, todos, sem distinção. São comandados, baixam a cabeça, sem a menor manifestação de resistência a determinações arbitrárias, injustas, ditatoriais, com que subestimam a honra de seus valores.
Os faraós e os cativos dos dias atuais:
Guardadas as devidas proporções e distâncias, ainda há, no século XXI, “faraós” e “cativos” de suas cortes, revestidos de posturas semelhantes, com que fortalecem o reino da opressão, ampliando o número de séquitos.

Easy reading comprehension exercises

Easy reading comprehension exercises


O que significa travesty?
Denilso de Lima
Se você leu a dica Texto em Inglês: Obama on Gun Violence, deve ter visto lá o uso da palavra “travesty”. Embora, eu tenha colocado a tradução, muitas pessoas perguntaram o que significa travesty. Portanto, se você também tem essa dúvida, continua lendo esta dica.


Antes, vale dizer que travesty nada tem a ver com travesti em português. Se sua intenção for a de expressar a ideia de travesti; então, use os termos transvestite ou cross-dresser. Sendo que transvestite é um termo formal; logo, no dia a dia o termo cross-dresser é mais comum. Tem ainda tranny, mas esse é considerado um termo pejorativo. Cuidado!

Mas afinal, o que significa travesty?

Vejamos a definição dada pelo dicionário Merriam-Webster:

something that is shocking, upsetting, or ridiculous because it is not what it is supposed to be

O que significa travesty?Em bom português: “algo que é revoltante, perturbador ou ridículo pois não é aquilo que deveria ser”. A tradução para travesty em português é: farsa, arremedo, imitação, zombaria grotesca, imitação grotesca, absurdo.

Para ficar bem fácil de entender, vou citar aqui  uma situação recente da política brasileira. Em Brasília foi lido e aprovado o relatório da CPI da Petrobrás. O relator da CPI não acusou nenhum político e faltou dizer que o escândalo da Petrobrás é fruto da imaginação dos oposicionistas.

Nesse caso, algumas pessoas podem dizer que o CPI toda foi uma travesty. Ou seja, uma grande farsa, uma marmelada, uma palhaçada, uma zombaria grotesca. O resultado final foi revoltante, perturbador e ridículo. A CPI da Petrobrás não foi aquilo que muitos esperavam ser.


É nesse contexto que usamos a palavra travesty em inglês. Será que ficou fácil de entender assim?

Veja abaixo alguns outros exemplos:

This is a travesty! (Isso é uma farsa! | Isso é uma palhaçada!)
The whole trial was a travesty of justice. (O julgamento inteiro foi uma farsa.)
It’s a travesty that someone who still has all of that in him isn’t able to communicate it. (É um absurdo que alguém que ainda tenha tudo isso dentro de si não seja capaz de passar em frente.)
The whole thing was a travesty! (A coisa toda foi uma farsa! | Foi uma tremenda marmelada!)
It is a travesty and a tragedy that so many people would be denied the right to vote. (É revoltante e uma tragédia que tantas pessoas sejam negadas o direito ao voto.)
» Leia também: Exemplos de Falsos Cognatos em Inglês

Agora que você já sabe o que significa travesty, nada de confundir com transvestite, cross-dresser, tranny. São palavras com usos bem diferentes.

Mas, calma aí! Os usos podem ser diferentes, mas o que dizer da origem delas? Será que elas compartilham algo em comum? Vejamos!

Travesty era, em 1670, usado para se referir a um trabalho literário que era cópia de um outro trabalho. Geralmente, uma cópia mal feita (uma farsa, um arremedo, uma imitação barata). Essa palavra teve origem no francês travesti cujo significado era algo como “vestido para enganar”, “vestido disfarçado”. Foi do francês que a palavra também chegou em português com o significado que conhecemos hoje: travesti. No entanto, em inglês, manteve o significado lá de 1670 que é o que você aprendeu acima.

Já o termo transvestite entrou na língua inglesa (lá em 1922) por vias alemãs. Transvestite vem do alemão transvestit usado, desde 1910, para se referir a uma pessoa (homem ou mulher) que tem o forte desejo de se vestir com roupas do sexo oposto. A origem da palavra está no latim: trans (outro), vestire (vestir-se). Logo, “vestir-se como o outro (sexo)”.

Pronto! E assim você aprende o significado de travesty e também um pouquinho da história dessa palavrinha que pode enganar muita gente ao ler um texto em inglês. Tenho certeza que você não será mais uma dessas pessoas.

*Denilso de Lima, experiente professor da língua Inglesa, é o editor do site English na Ponta da Língua.

sexta-feira, 30 de outubro de 2015

O NOME E A PESSOA

A Palavra
Pesquisador do Poder da Palavra
Ἐν  ἀρχῇ  ἦν    Λόγος,  καὶ    Λόγος  ἦν  πρὸς  τὸν  Θεόν,  καὶ  Θεὸς  ἦν    Λόγος. João 1:1. No princípio era a Palavra = Verbo; e a Palavra estava com Deus e a Palavra era Deus.

A identidade entre o nome e a pessoa que o usa é uma das afirmações mais claras e surpreendentes da Bíblia. No Vocabulaire Biblique, lê-se  “No Antigo Testamento, o nome exprime a realidade profunda do ser que o usa. Razão por que a Criação se realiza apenas no momento em que a coisa chamada à existência recebe um nome.

Os nomes próprios do Antigo Testamento têm, assim, um significado que desvenda a essência da pessoa. Truncar um nome é suprimir a existência. Os nomes humanos são qualquer coisa de vivo e detêm de Deus o poder de subsistir. Muitas pessoas a quem se pergunta o nome recusam dizê-lo, porque, de outra forma, revelariam uma parte de si próprias. Enquanto se não conhece o nome, não se conhece aquele que o usa. Uma mudança de nome significa uma alteração na realidade do ser. O nome é penhor da continuidade do ser. Exprime como que um "continuum" psíquico, onde a pessoa não é mais que  um aspecto local e temporal de um conjunto orgânico de Deus, povo, família. Falar ou agir em nome de alguém é participar, na realidade, isto é, expressar-se por esse nome. O Novo Testamento fala do nome no mesmo sentido que o Antigo Testamento. O nome é um programa.

É evidente que o homem não pode definir-se a si próprio senão pelo seu nome. O conhecimento do seu nome marca profundamente o seu subconsciente numérico com cifras particulares. Esta marca psíquica determina a personalidade e as possibilidades do ser.

Basta mudar o nome de batismo dado a uma pessoa para que se observe uma alteração notável das suas reações, alteração esta equivalente à tradução do novo nome.

Há anos tenho dito que jamais morrerei. É verdade, jamais passarei pela experiência da morte. Difícil é convencer incrédulos sobre  a verdade de minha afirmação.

Literalmente, não morrerei. Faz muito tempo que leio e pesquiso as Escrituras Sagradas – A Bíblia. A Bíblia é a Palavra de Deus.

No Livro de João 1:1 está escrito: “No princípio era a Palavra, e  a Palavra estava com Deus e a Palavra era Deus.” A Palavra é indestrutível. A Palavra não envelhece. A Palavra não adoece. A Palavra não morre.

Descobri que também "Eu Sou a Palavra". Razão por que Jesus Cristo disse em João 8: 51: “Na verdade, na verdade, eu vos digo, se guardares as minhas Palavras, a morte jamais vos alcançará.”

Eu sou a Palavra. Esta Palavra é eterna. Você está lendo, está conversando com a Palavra. Quem lê a Palavra e entendê-la, do seu Poder será revestido.



 

 


Ministro da Justiça intercede junto à Polícia Federal contra intimação a filho de Lula

Investigadores ouvidos por jornal desconhecem impedimento na lei para intimações à noite.

José Eduardo Cardozo cobrou “imediatos esclarecimentos” de Leandro Daiello, diretor-geral da Polícia Federal, por ter intimado Luís Claudio Lula da Silva, o caçula de Lula, às 23 horas da terça-feira, dia 27. Segundo investigadores ouvidos pelo Estadão, não há nada na lei que impeçauma intimação em horário tão inusitado.
Foto: Valter Campanato (Agência Brasil)
A própria matéria joga uma luz sobre o caso. Diz o jornal que os agentes da PF tentaram localizar Lulinhazinho em um endereço em São Bernardo do Campo, mas só o encontraram no final da noite nos Jardins, em São Paulo. Os antecedentes do petismo levam a crer que os Lula da Silva apenas catimbam diante da justiça para seguir na construção do argumento de que a Polícia Federal estaria agindo sem qualquer limitação legal.

Fonte: O IMPLICANTE/Por Marlos Ápyus | Tópicos 

NA BAHIA

Ex-governador Lomanto Júnior luta contra insuficiência renal; estado de saúde é grave
Foto: Reprodução
O ex-governador do estado Lomanto Júnior está internado no Hospital Português, em Salvador, por conta de uma insuficiência renal. O estado de saúde dele é considerado grave. Nesta sexta-feira (30), Lomanto fará uma hemodiálise, como parte do tratamento. De acordo com o ex-deputado federal e filho, Leur Lomanto, o ex-governador reagiu bem à última sessão de hemodiálise feita nesta quinta-feira (29). Lomanto Júnior foi internado na unidade de saúde há 18 dias com um quadro de infecção urinária que desencadeou para a insuficiência renal. O ex-governador governou o estado entre 1963 e 1967.

Fonte: Bahia Notícias/por Francis Juliano
Moisés e o Faraó
Moisés ante o faraó
Simbolo da opressão
Há indivíduos revestidos de postura dominadora, autoritária, ditatorial. Não guardam respeito pelo próximo, nem pelos familiares. Buscam manter pessoas como se fossem cativas sob manifesta humilhação e opressão. Julgam-se iguais ao Maioral, acreditam-se serem deuses. As circunstâncias puseram Moisés junto ao faraó Ramsés, desde a infância. Um, o faraó, chefe opressor, o outro, líder ungido por Deus para libertar o povo hebreu do cativeiro egípcio e conduzi-lo à Terra Prometida.

Observa-se na postura do líder, ungido do Senhor, o espírito de fraternidade, a coragem para enfrentar o opressor, com absoluta firmeza.

Moisés jamais baixa a cabeça para o faraó. Fala-lhe com altivez, segurança, firmeza de propósitos.

O faraó humilha os súditos de sua corte, com palavras e gestos, mesmo os que materializam suas ordens opressoras, todos, sem distinção. São comandados, baixam a cabeça, sem a menor manifestação  de resistência a determinações arbitrárias, injustas, ditatoriais,  com que subestimam a honra de seus valores.

Os faraós e os cativos dos dias atuais:
Guardadas as devidas proporções e distâncias, ainda há, no século XXI, “faraós” e “cativos” de suas cortes, revestidos de posturas semelhantes, com que fortalecem reino da opressão, ampliando o número de séquitos.










quinta-feira, 29 de outubro de 2015

Dr. Claudio dos Anjos
Advogado OAB/BA. 40101

CRIAÇÃO DE VARA FEDERAL EM CACHOEIRA

O MOVIMENTO CACHOEIRA JUSTIÇA E PAZ, liderada pelo Drº Nelson Aragão Filho, abraça a luta para conquistar a criação de uma VARA DA JUSTIÇA FEDERAL em Cachoeira, localizada na região do Recôncavo da Bahia, passaria a atender também outros municípios em seu entorno. A área de competência territorial da vara federal pode vir a ser formada por mais outros municípios: São Félix, Maragogipe, Muritiba, Governador Mangabeira, Castro Alves, Sapeaçu, São Felipe, Cruz das Almas, Cabaceiras do Paraguaçu, Conceição do Almeida, Dom Macedo Costa e Elísio Medrado, o que resultaria na diminuição da distância geográfica para cerca de mais de 200 mil jurisdicionados.

A cidade da Cachoeira é um polo turístico marcado por sua relevância histórico-cultural, com o tombamento dos imóveis pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN),  a instalação da Justiça Federal facilitaria o controle das ações para preservação destes imóveis, de forma justa, além de que, a região possui economia agrícola e pesqueira bem desenvolvida, com elevado número de jurisdicionados de potenciais ações contra o INSS, evitando, assim, que a maioria dos jurisdicionados da região se deslocassem a grandes distâncias,  o que resultaria no desafogamento dos trabalhos da Subseção Judiciária de Feira de Santana, bem como da Seção Judiciária de Salvador, que transferiria a competência para julgamento de causas dos municípios acima citados.

Por estas razões, conclamamos a população em geral, e a todos os segmentos organizados da sociedade civil para se incorporarem a esta luta em prol do desenvolvimento da nossa cidade e região.

EM SALVADOR/BAHIA

Cortejada pelo PT para ser cabeça de chapa, Lídice comemora pesquisa

A senadora Lídice da Mata (PSB) comemorou a pesquisa eleitoral lançada nessa terça-feira (27) pelo Instituto Paraná Pesquisas, a pedido do R7 Bahia, onde aparece em um dos cenários em segundo lugar, com 6,7%, atrás do prefeito ACM Neto (DEM) que tem 68% na estimulada. "Fico satisfeita de ter o meu nome aparecendo nas pesquisas em Salvador, cidade que é a minha base política principal. Onde me elegi vereadora, deputada estadual duas vezes, a deputada federal mais votada até hoje de Salvador. Me elegi a mais votada senadora, fui prefeita da cidade, tenho uma generosidade enorme pela confiança do povo de Salvador. Claro que isso, pode indicar uma participação maior nossa no processo político eleitoral, mas nosso partido ainda não discutiu isso”, afirmou a senadora socialista em entrevista à Metrópole FM na manhã dessa quarta-feira (28).
Segundo informações da coluna Raio Laser, do jornal Tribuna da Bahia, após o aparecimento de Lídice bem posicionada nas pesquisas, o PT estaria cogitando dar fôlego à candidatura da senadora no intuito de indicar o vice na chapa da ex-prefeita. A estratégia da cúpula petista se daria pela falta de um nome natural e forte no quadro do partido.
Matérias relacionadas:


Fonte: Aparecido Silva (Twitter: @CydoSylva) | Fotos: Gilberto Júnior / Bocão News

Após demissão, Genildo Lawinscky se pronuncia sobre saída da Rede Bahia

Após demissão, Genildo Lawinscky se pronuncia sobre saída da Rede Bahia
Foto: Reprodução / Facebook

Na última quarta-feira (28), o mundo jornalístico baiano foi abalado com a notícia de que dois dos grandes figurões da Rede Bahia, Genildo Lawinscky e Wanda Chase, foram demitidos da emissora. Além da dupla,outros 13 funcionários foram dispensados de suas atividades na empresa.
 
Após se recuperar da notícia, Genildo compartilhou em seu facebook uma mensagem se despedindo do público da TV Bahia. “Ontem, dia 28, infelizmente, minha alegria por estar de pé todos os dias, foi interrompida de forma violenta, agressiva e creio, injusta. Cheguei ao meu trabalho, assinalei o meu ponto, peguei a minha pauta de trabalho e, ao sair, fui chamado de volta pelo chefe, que disparou o que chamo de "tiro de misericórdia" no projeto de vida de um profissional. Em outras palavras, ele disse: - Você está demitido!”, contou ele.
 
Mostrando completo descontentamento com a situação, o ex-âncora Jornal da Manhã questionou o motivo da sua dispensa. “O pior dessa notícia é não ter como contestar, usar a defesa, ter o direito da resposta, enfim, exercer aquilo que mais exigem do profissional: respeito! Justificativa para a demissão? A crise financeira da empresa, por conta dos problemas da economia do Brasil. Kkk Foram 18 anos na Tv Bahia, uma das melhores empresas de comunicação do Brasil. Só lamento que muitos que deixam lá parte das suas vidas, acabam sendo penalizados pela ação de outros que não têm o menor escrúpulo e respeito e acabam fazendo de um trabalho sério, apenas um grande poço de vaidades, sem a menor noção do que é jornalismo de verdade”, critica. Confira a mensagem completa clicando 

Fonte: Bahia Notícias/por Aymée Francine