sexta-feira, 18 de agosto de 2017

EM CACHOEIRA/BAHIA
JORNAL O GUARANY CIRCULA NESTA SEXTA-FEIRA, 18 DE AGOSTO DE 2017, A PARTIR DAS PRIMEIRAS HORAS DA TARDE

A versão impressa do Jornal O Guarany, referente ao mês de agosto  de 2017, circulará nesta sexta-feira, dia 18/08/2017, a partir das primeiras horas da tarde. Exemplares de assinaturas serão entregues nos lares cachoeiranos e sanfelixtas. Interessados podem também pegar exemplares no Palácio da Cultura, ao lado Fórum Teixeira de Freitas. A distribuição gratuita será feita também nos Povoados do Capoeiruçu, Belém, Santiago do Iguape e São Francisco do Paraguaçu. Também circulará na cidade de São Félix e nas cidades vizinhas. Não deixe de adquirir o seu exemplar para tomar conhecimento de notícias e propostas de reconhecida importância para o processo de desenvolvimento de sua cidade e região.




quarta-feira, 16 de agosto de 2017

Comunicação e Convite
No automatic alt text available.
Reunião do Rotary nesta quinta-feira, dia 17 de agosto 2017, às 12h30min, na sede

O Prof. Pedro Borges dos Anjos, presidente do Rotary Club Cachoeira/São Félix, comunica e convida todos os membros do quadro social, para a reunião semanal da referida unidade rotária, nesta quita-feira, dia 17/08/2017, às 12h30min, na sede do Club, na Rua Prisco Paraíso, No. 08 com almoço conforme combinado. A presença de todos os associados é muito importante para a tomada de decisões em relação às operações de requalificação e reforma do imóvel do Rotary, que já está em operação.
O quê: reunião semanal do RC Cachoeira/São Félix
Onde: Na sede, Rua Prisco Paraíso No. 08 - Centro
Dia: Quinta-feira, 17 de agosto de 2017 
Hora: 12h30min
Término da reunião: 13h30min

Luciano Borges
Ascom

terça-feira, 15 de agosto de 2017

EM CACHOEIRA/BAHIA
IPAC assinou no dia 15/08/2017 convênio com Irmandade da Boa Morte
 
Com presença de autoridades municipais, estaduais e federais, centenas de pessoas reunidas na Igreja Matriz de Cachoeira, na Missa da Assunção de Nossa Senhora, o Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural (IPAC), da secretaria de Cultura (SecultBa), assinou hoje (15) pela manhã,um Termo de Cooperação com a Irmandade da Boa Morte. “Temos que buscar a salvaguarda do Bem Cultural, sua permanência para as futuras gerações e a autossustentabilidade da Irmandade”, explica o diretor geral do IPAC, João Carlos de Oliveira. Via decreto estadual 12.227 a festa se tornou Patrimônio Imaterial da Bahia graças às pesquisas e dossiê do IPAC.

No convênio, o IPAC realizará ações e seminário de educação patrimonial, nova expografia no Memorial da Irmandade, publicação de livros e implantação de políticas para a preservação da festa.Dentre as autoridades, participaram do ato de assinatura os secretáriosestaduais, Jorge Portugal (Cultura), Jaques Wagner (Desenvolvimento Econômico), José Alves (Turismo), o diretor do IPAC, João Carlos, e o assessor de Relações Institucionais do órgão, André Reis. Desde que a festa foi registrada como Bem Imaterial em 2010, o IPAC já vinha realizando reformas na sede da Irmandade, apoiou o Memorial, lançou livro e videodocumentário.Livro:https://goo.gl/9kgBZ5.Vídeo/SECOM:https://goo.gl/BawMJJ.

PARCERIAS, PREFEITURAS e SOCIEDADE Para implantar uma política pública eficiente o IPAC desenvolve parcerias com prefeituras e a sociedade civil. “Nenhuma política pública pode ser bem-sucedida sem a participação efetiva dos municípios que precisam estar preparados tecnicamente e legalmente para atuar junto aos bens culturais”, afirmou o diretor geral do IPAC, João Carlos de Oliveira, durante o ato de assinatura. 

O dirigente lembrou que na última quinta-feira (10), o IPAC assinou outro termo de cooperação com a Prefeitura de Cairu, visando vistorias técnicas, implantação de Câmara de Patrimônio, seminários e treinamentos de Educação Patrimonial. Nesse mesmo dia, o Instituto lançou o Projeto ‘Terreiro Criativo’ em cooperação com o Terreiro Ilê Asé Alabasé, em Maragojipe, visando valorizar os terreiros de candomblé no município.

AUTOSSUSTENTÁVELNoinício de julho, o IPAC já tinha se reunido com a administração da Boa Morte em Salvador. No encontro, o representante da Irmandade, Valmir Pereira, destacou a necessidade da entidade dispor de recursos próprios. “Na reunião buscamos também formas da Boa Morte se tornar autossustentável; a ideia é realizarmos oficinas, palestras, vendas de livros, comercializar objetos referentes à festividade e o IPAC pode nos auxiliar coma sua expertise”, destacou Valmir.

Outra possibilidade, seria direitos autorais sobre as imagens com as irmãs, irmandade e festa produzidas anualmente por pessoas de todo o mundo, dentre outros produtos. Neste ano (2017), especialistas do IPAC reavaliam ainda o título de Patrimônio Imaterial da festa. “A Lei nº8.895/2003 e o Decreto nº10.039/2006, determinam que os bens culturais imateriais sejam reavaliados a cada cinco anos”, explica o diretor de Preservação do IPAC, Roberto Pellegrino. Entrevistas, fotos e o passo-a-passo da festa estão sendo revistos pelo IPAC.

MUSEUS, LIVROS e VÍDEOSA festa é organizada pela Irmandade, segundo estudiosos, criada em 1820, em Salvador, e depois passou para Cachoeira. Festa de Santa Bárbara, Desfile de Afoxés e Cortejo Dois de Julho que acontecem em Salvador, também foram beneficiados pelos estudos do IPAC. Assim como, o Bembé do Mercado (Santo Amaro), Capoeira, Ofício de Vaqueiros, Ofício das Baiana eCarnaval de Maragojipe, dentre outros ainda em pesquisa.

Imagens da Festa
no dia 15/08/2017





Livros/IPAC: http://goo.gl/CDv6q3.Museus: www.ipac.ba.gov.br/museuse veja o vídeo http://bit.ly/2n1mrVZ.Assistaos vídeos/SECOM: educação patrimonial (https://goo.gl/rJggpk),Balé Folclórico (https://goo.gl/jZQjJN),Projeto Axé (https://goo.gl/34bd1a),dinamização (https://goo.gl/S4EyRn),Rota de Museus (https://goo.gl/uQS9NG e https://goo.gl/vphG2s),Bembé (https://goo.gl/63H8Ve),Boa Morte (https://goo.gl/BawMJJ)e capoeira (https://goo.gl/wFJdGN).Acesse: www.ipac.ba.gov.br,facebook Ipacba Patrimônio e twitter @ipac_ba.

Assessoria de Comunicação – IPAC, em 15.08.2017
Jornalista responsável Geraldo Moniz (DRT-BA nº 1498)
Coordenação de Jornalismo e Edição: Marco Cerqueira (DRT-BA nº1851)
(71) 99110-5099, 99922-1743
ascom.ipac@ipac.ba.gov.br
Facebook: Ipacba Patrimônio
Twitter: @ipac_ba

EX-PRESIDENTE LULA, DOUTOR HONORIS CAUSA DA UFRB

A concessão do título de Doutor Honoris Causa ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pela UFRB expressa reconhecimento político e altivez na luta em defesa dos direitos democráticos e da universidade pública



Antonio Eduardo Alves Oliveira

No contexto de ataques sem precedentes contra os trabalhadores e as universidades públicas pelos usurpadores que deram o golpe de Estado no Brasil, e no momento em que o judiciário, apoiado por uma intensa campanha reacionária da imprensa venal, realiza uma feroz perseguição contra o ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva, a Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) tomou uma importante decisão, que serve de exemplo para todos aqueles que reivindicam a defesa da educação e dos direitos democráticos. Através do seu Conselho Universitário (CONSUNI), a UFRB aprovou, no último dia 11 de agosto, a concessão de título de Doutor Honoris Causa ao ex-presidente e maior líder popular do País.

No parecer favorável a honraria concedida, é ressaltado o papel do ex-presidente Lula no processo de implementação do ensino superior público no Brasil a partir de 2003. “Durante a sessão, a relatora da Comissão Permanente de Títulos Honoríficos da UFRB, Tatiana Velloso, apresentou o parecer favorável que analisou a proposta de Outorga do Título ao ex-presidente. Segundo o relato, diversos elementos subsidiaram o mérito a honraria, tais como a relação do ex-presidente com a expansão e a interiorização do ensino público superior.”

 
É importante destacar que, apesar das dificuldades existentes no processo de interiorização do ensino superior, foi a partir da iniciativa do ex-presidente Lula que o Brasil conseguiu inverter a tendência dos governos do PSDB/DEM de destruição das universidades públicas.

Um fato saliente que o próprio Lula sempre fez questão de destacar é que um “operário que não tem diploma de ensino superior construiu mais universidades e Escolas técnicas do que os presidentes Doutores”. Os números são comprovadores dessa afirmação, nos governos Dilma e Lula foram criadas 422 escolas técnicas, 18 universidades federais, com a construção de 173 novos campi universitários.

Destaca-se ainda que a própria UFRB, criada em 2005, produto da política pública de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais (REUNI), é uma evidência da relevância social do processo de expansão do ensino superior, que mesmo sendo incompleto e ainda aquém da forte demanda represada já demostra a significação social, cultural e econômica da UFRB na região do Recôncavo da Bahia. A UFRB foi a primeira universidade brasileira a aplicar integralmente a lei das Cotas em 2012, tendo um perfil revelador da potencialidade de inclusão social, uma vez que a universidade é constituída com 83,4% de estudantes autodeclarados negros e 82% oriundos de famílias com renda total de até um salário mínimo e meio.

Como destacou o reitor da UFRB, Silvio Soglia, “A UFRB realizará uma homenagem ao seu fundador. É o reconhecimento de uma política acertada na Educação e da trajetória de Lula em favor da expansão e interiorização do ensino público superior, em especial no estado da Bahia”. 

A medida é particularmente relevante como parte da luta contra a política deliberada dos golpistas em desmontar o ensino superior público no Brasil. O governo anti-povo aprovou, no fim do ano passado, o congelamento dos investimentos em educação por mais de 20 anos com a PEC 241. A política do MEC, controlado pelo DEM, é o total estrangulamento da educação pública, e das universidades em particular.

É preciso que a comunidade universitária tenha compreensão que não é um simples contingenciamento ou um corte de verbas, mas um profundo ataque à própria existência da universidade pública (levando a demissão de trabalhadores terceirizados, falta de verbas para despesas básicas, corte de bolsas etc), que se expressa ainda no ataque ao funcionalismo público, com anúncio do congelamento dos salários dos servidores técnicos e professores.

Neste cenário, as novas universidades têm sofrido ainda mais, pois o objetivo do MEC golpista é produzir um retrocesso geral e desmontar o que foi anteriormente construído. Assim, projetos universitários inovadores como a Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab) e Universidade Federal da Integração Latino-Americana (Unila) estão sendo ameaçados de extinção. Este quadro é visível na própria UFRB, com um processo de precarização que ameaça a existência da instituição. Segundo o pró-reitor de Planejamento, José Mascarenhas, a UFRB sofreu uma redução de 19,5% do custeio e 49,7% do investimento, resultando em 29,3% em seu total. Dessa forma, aprovação do Título ao ex-presidente Lula tem que ser vista como parte de uma ampla mobilização em defesa da UFRB e contra o golpe.

Por outro lado, a concessão do Título para o ex- presidente Lula é expressivo, sendo uma proeminente contribuição na luta pelos direitos democráticos, na medida em que serve como importante contraponto contra a perseguição política que Lula vem sofrendo, que ganhou maior relevo com a completa farsa da sentença condenatória em primeira instância pelo Juiz Sérgio Moro (Mussolini de Maringá).

O objetivo político da condenação sem provas do presidente Lula é mais uma evidência política do golpe. A direita simplesmente quer impedir a qualquer custo que a principal Liderança política do país (em primeiro lugar nas pesquisas eleitorais) possa concorrer nas eleições presidenciais, ou seja, através de uma fraude judicial realizar uma fraude política contra o direito democrático do povo escolher seu presidente.

Neste sentido, a aprovação do título de Doutor Honoris Causa ao ex-presidente Lula indica não somente uma justa homenagem e reconhecimento, mas, sobretudo, uma contundente autoafirmação de uma comunidade acadêmica e povo do Recôncavo da Bahia que sabem das dificuldades enfrentadas cotidianamente para construir um projeto educativo público, mas não estão dispostos a abrir mão das suas conquistas. Ao conceder o título de Doutor Honoris Causa ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, a UFRB confronta-se com os inimigos da educação e com a sórdida campanha dos meios de comunicação contra o ex-presidente. É preciso deflagrar uma ampla campanha política, unificando todos os setores da comunidade acadêmica e do povo do Recôncavo para defender a UFRB, lutar contra a prisão de Lula e derrotar os golpistas reacionários.

*Antonio Eduardo Alves Oliveira, doutor em Sociologia, docente no CAHL/UFRB, no campus da cidade da Cachoeira/BA

domingo, 13 de agosto de 2017


O Movimento Cachoeira, Justiça e Paz formalizou pedido junto ao TJ/BA para designação do juiz Antônio Mônaco Neto como magistrado permanente da comarca

A pedido de segmentos da sociedade, tendo em vista a forma dinâmica e célere com que o juiz Antônio Mônaco Neto procede aos julgamentos, também considerando o histórico da forma ágil como solucionou todos os processos quando foi juiz na comarca de São Félix, os advogados Nelson Aragão Filho e Claudio Almeida dos Anjos formalizaram junto à presidente do Tribunal de Justiça da Bahia pedido para que o mencionado magistrado seja designado como juiz permanente da comarca da Cachoeira.
O Movimento Cachoeira, Justiça e Paz, instituição criada e liderada pelos Drs. Nelson Aragão Filho e Claudio Almeida dos Anjos, cujos advogados sustentaram anos sucessivos o pleito de reclassificação da comarca de inicial para intermediária, alcançando pleno êxito, com que o TJ produziu o projeto, a Assembléia Legislativa aprovou e o governador Rui Costa sancionou a Lei No. 13.736, de 05 de julho de 2017, que confere a Cachoeira, na estrutura do Poder Judiciário, a hierarquia de comarca intermediária com direito a ter juiz permanente.

Pleito formalizado diretamente à desembargadora Maria do Socorro Barreto Santiago, presidente do Tribunal de Justiça da Bahia, presente à Festa da Irmandade da Boa Morte, por uma comissão do Movimento Cachoeira e Paz, tendo à frente o advogado Nelson Aragão Filho, neste 15 de agosto de 2017.

EM CACHOEIRA/BAHIA




Prefeito Tato Pereira fez mudanças no secretariado

O prefeito Tato Pereira, recentemente, buliu não somente na estrutura do seu secretariado, mas também na Câmara Municipal, em cujo Poder já tem maioria. Substituiu os vereadores de sua base aliada, trazendo-os para secretariar Pastas de reconhecida importância na estrutura da administração municipal.

Nomeou o vereador Dum Design para secretário de Esportes; o vereador Jocelmo Dayube, para secretário de assuntos Institucionais, substituindo a ambos, na Câmara, pelos respectivos suplentes, isto é, Dira e Cristiano de Louro, assumiram o mandato de vereador.

Mais duas novidades: o ex-vereador Zé Bulau foi nomeado chefe do Gabinete do prefeito; Wilson Lago, nomeado secretário de Esportes.



CREAS DA CACHOEIRA NO IGUAPE
Equipe técnica do CREAS da cidade da Cachoeira, sob a coordenação de Indira Anjos, operacionaliza atendimentos na comunidade quilombola do Iguape

Em parceria com o CRAS, coordenado pelo artista plástico e hairdresser esteticista, Édson Machado da Cruz, técnicos do CREAS da cidade da Cachoeira, equipe formada pela psicóloga Naiane Anjos, pelo advogado Henrique Menezes, pela assistente social Ana Mércia, cumpriram movimentado protocolo de atendimentos na mencionada localidade, no dia 03/08/2017, com que o referido Centro de Referência busca estender suas ações para a comunidade Quilombola ali residente.


Prefeito Tato Pereira visita as instalações do CREAS no Bairro Caquende

Acompanhado do novo secretário municipal de Esportes, vereador Abimael Pinho Dum Design, o prefeito Tato Pereira visitou no dia 02/08/2017, as instalações do CREAS, no Bairro do Caquende. Recebido por Indira Anjos, coordenadora do referido Centro de Referência, a visita do prefeito visa otimizar ainda mais as ações da Instituição, na cidade. Também, parece evidente que, acompanhado do seu novo secretário municipal de Esportes, o prefeito Tato Pereira busca dinamizar as ações da referida Pasta, ampliando o alcance das ações para todas as modalidades esportivas.
Vejam como líderes operadores do Programa Monarca mentem, passam  imagem falsa e matam sobre os cidadãos

Por que destruíram a Líbia e mataram Gaddafi?

Agora se sabe, item por item, tudo que o tirano Gaddafi fez com seu povo. Eis uma lista de atrocidades a que os líbios foram submetidos por quatro décadas:

A matéria a seguir foi originalmente publicada na revista SCHVEIZ MAGAZIN e a Tradução publicada pelo  Nilson Lage no seu perfil no facebook. Ela é de 2011, época do início das tais “revoluções coloridas” patrocinadas por organizações internacionais e que destruíram países árabes inteiros e até agora destroem a Síria. Mas as revoluções coloridas continuam e agora tentam ceifar democracias e avanços sociais na América Latina, incluindo o Brasil, onde patrocinam o Golpe em andamento. Leia o artigo. Há alguma similaridade com o Brasil.

Leia, pense e ajude a desconstituir o golpe em marcha e retomar a construção do Brasil com Inclusão Social, que está agora suspenso pelo Golpe (Comentário do Blogueiro)

“Agora se sabe , item por item, tudo que o tirano Gaddafi fez com seu povo. Eis uma lista de atrocidades a que os líbios foram submetidos por quatro décadas:

1.Não havia conta de luz na Líbia. A eletricidade era grátis para todos os cidadãos.

2.Não havia juros sobre empréstimos. Os bancos oficiais ofereciam subsídios iguais para todos. Era lei.

3. Ter uma casa era considerado direito humano.

4.Todos os recém-casados na Líbia recebiam US$ 50 mil, o bastante para aa compra de seu primeiro apartamento. Era o presente do governo às novas famílias.

5.Educação e tratamentos médicos eram grátis na Líbia. Antes de Gaddafi chegar ao poder 25 por cento dos líbios eram alfabetizados. Hoje o número é de 83 por cento.

6.Terras aráveis, uma casa rural, ferramentas, sementes e gado livre eram oferecidos a quem quisesse ser agricultor.

7.Se um líbio não encontrasse escolas ou instalações médicas de que necessitasse poderia buscá-las no estrangeiro com a ajuda de fundos do Estado, que oferecia, para isso US $ 2.300 por mês destinados a alojamento e transporte.

8.Se um líbio comprasse um carro, o governo subsidiava metade do valor.

9.A gasolina custava 12 centavos de dólar (cerca de R$0,40) o litro.

10.Se um líbio terminasse a graduação universitária e não achasse colocação, o estado pagava o salário médio de sua profissão em que ele encontrasse emprego tecnicamente adequado.

11.A Líbia não tinha dívida externa e as reservas, que totalizavam |US$ 150 bi, foram dividas pelas potências de ocupação entre si.

12.Uma parcela da venda de petróleo da Líbia era creditada diretamente nas contas de todos os cidadãos da Líbia.

13.Mães que davam à luz uma criança ganhavam US $ 5.000.

14.Um quarto dos líbios têm um diploma universitário.

15.O Grande Rio Artificial para abastecimento das lavouras e cidades líbias é o maior projeto de encanamento da água potável do mundo.

Fonte: Schweiz Magazin, Suíça

ACONTECEU EM SALVADOR/BAHIA


Agente da Transalvador destrata cidadão e desafia: “Tome suas providências”; veja vídeo
Fonte: Matéria do Varela News

Em um relato acompanhado de um vídeo que está circulando no WhatsApp, um agente da Transalvador aparece dirigindo palavras de baixo calão a um cidadão no início da tarde deste sábado (12), por volta das 14h, no bairro do Jardim de Alah.

De acordo com o texto viral, o homem teria questionado o agente sobre uma obra na Av. Octávio Mangabeira, que estava tomando o espaço dos pedestres. Ao perguntar sobre a situação, teria ouvido: “Vá procurar o que fazer desgr***”.

Inconformado com a resposta, o cidadão que estava com sua filha de 9 anos e uma colega da mesma faixa etária, deixou as meninas em casa, no Condomínio Bahia Suite Residence, também no bairro do Jardim de Alah e voltou sozinho com o celular para gravar a situação.

Ao chegar no local e questionar a conduta do agente, recebeu a seguinte resposta: “Foi isso mesmo velho, porque? Eu mandei você tomar na sua bunda, para você procurar se respeitar. Tome suas providências”, desafiou.

O Varela Notícias conversou com o homem responsável pela gravação do vídeo. I.V.F.R, 31 anos, preferiu não se identificar, mas relatou como se sentiu com o destrato: “Me senti bastante humilhado na frente da minha filha, da amiga da minha filha. Me senti impotente, sem saber o que fazer. A única coisa que me restou foi a serenidade e usar a única arma que eu tive contra ele, que foi a câmera do celular”, desabafou. O VN tentou contato com a Transalvador, mas até o fechamento desta matéria, não obteve resposta. Confira o vídeo.

sábado, 12 de agosto de 2017

ACONTECEU EM CACHOEIRA/BAHIA

Sandoval Souza, jovem, evangélico, pregador da Palavra do Senhor, membro da Igreja Assembléia de Deus, fez, bem recentemente, a seguinte comunicação ao seu pastor Luiz Otávio Rendeiro:


Paz, meu pastor. Estou muito triste. Fui espancado e roubado por oito policiais, que levaram meu relógio, meu celular e todo o dinheiro que ganhei no final da semana. Clamei muito a Deus, mas foi muita porrada. Disseram que eu era chefe do tráfico e estavam me torturando para eu falar. Mas foi só uma desculpa para me roubarem, pois, se fosse traficante, eles me leva riam preso, porém, só tomaram o que eu tinha de valor. Bateram muito em mim e me soltaram. Estou muito triste e decepcionado. Queria que Deus me levasse logo, pois, a tristeza é grande. Ore por mim. Deus lhe abençoe.

O pastor respondeu-lhe assim:A PAZ FILHO. A TUA JUSTIÇA  VEM DE DEUS. EU SINTO MUITO. DEUS VAI INTERVIR. ESTAREMOS ORANDO. O SENHOR É O VINGADOR DOS JUSTOS

sexta-feira, 11 de agosto de 2017

Novidade em Cachoeira/BA

Farmácia Alcoólica do Adalton
Mais de 60 marcas de cachaça preparada com a flora e raízes curativas
Instalada na Avenida São Diogo, próximo ao Arraiá do Quiabo de Tonhe do Licor, no Bairro da Matinha, o mais novo empreendimento  na linha de bebidas alcoólicas, a famosa Farmácia Alcoólica do Adalton,  especialista na preparação de aguardente com baixo ofensor. Com diversos sabores, oriundos da flora e de raízes curativas, a Farmácia Alcoólica do Adalton comercializa a cachaça que tem o poder de curar reumatismo, dores de cabeça crônicas, o fluxo menstrual, dores estomacais, tosse, gripe, sarampo e diabete, etc. A cachaça sob misturas produzidas por Adalton, entre muitas finalidades, há a preparada com carqueja para emagrecimento. Além de tudo isso, há preparados especiais para a reabilitação da potência sexual, com pau-de-resposta, catuaba afrodisíaca, pau-tenente afrodisíaco, etc.




Irmandade da Boa Morte e sua Festa na cidade 

Histórico

A história da Confraria religiosa da Boa Morte se confunde com a maciça importação de escravos da costa da África para o Recôncavo canavieiro da Bahia, em particular para a cidade da Cachoeira, a segunda em importância econômica na Capitania da Bahia durante três séculos.

O fato de ser constituída apenas por mulheres negras, numa sociedade patriarcal e marcada por forte contraste racial e étnico, emprestou a esta manifestação afro-católica, notável fama, seja pelo que expressa do catolicismo barroco brasileiro, de indeclinável presença processional nas ruas, seja por certa tendência para a incorporação aos festejos propriamente religiosos de rituais profanos, pontuados de muito samba e comida.

Há que acrescentar ao gênero e raça dos seus membros a condição de ex-escravos ou descendentes deles, importante característica social, sem a qual seria difícil entender tantos aspectos ligados aos compromissos religiosos da Confraria, onde ressalta a enorme habilidade dos antigos escravos para cultuar a religião dos dominantes sem abrir mão de suas crenças ancestrais, como também aqueles aspectos ligados à defesa, representação social e mesmo política dos interesses dos adeptos.

O Cerimonial
Todos os anos, na segunda quinzena do mês de agosto, geralmente nos dias 13,14, e 15, as integrantes da Confraria realizam a solenidade, em cerimonial com que prestam culto a Nossa Senhora, mãe de Jesus, conforme a tradição de seus ancestrais africanos. O evento religioso, marcado por missas e procissões segue até o dia 17 do mesmo mês.

 A celebração é uma das mais importantes do calendário religioso do estado. O primeiro dia do evento, que é Patrimônio Imaterial da Bahia desde 2010 e possui mais de 200 anos, é dedicado às irmãs falecidas. As integrantes da irmandade saem em procissão carregando a imagem de Nossa Senhora do Rosário sobre um andor rumo à igreja que tem o nome da santa.

No segundo dia, com a imagem de Nossa Senhora da Boa Morte, as irmãs saem da sede da Irmandade em procissão noturna, e o terceiro dia é dedicado a Nossa Senhora da Glória. Nos outros dois dias, samba de roda e oferta de pratos tradicionais servidos na Bahia, como caruru e cozido, marcam o evento.

Durante os cinco dias de festa, as irmãs vestem-se de branco e saem em procissões, carregando imagens e velas, além de entoar cânticos.


Veja a programação da Festa nesta semana:



13/08 (domingo)

18h30 - Saída do corpo de Nossa Senhora da Boa Morte da Capela de Nossa Senhora d'Ajuda em procissão pelas principais ruas da cidade

19h - Missa pelas almas das irmãs falecidas na Capela de Nossa Senhora da Boa Morte

21h - Ceia Branca na Sede da Irmandade de Nossa Senhora da Boa Morte

14/08 (segunda-feira)
19h - Missa de corpo presente de Nossa Senhora na Capela de Nossa Senhora da Boa Morte

21h - Procissão do Enterro de Nossa Senhora da Boa Morte pelas principais ruas da cidade

15/08 (terça-feira)
6h - Alvorada com fogos de artifício

10h - Missa solene da assunção de Nossa Senhora na Igreja Matriz

11h - Procissão festiva em homenagem a Nossa Senhora da Glória e posse da comissão organizadora

12h - Valsa e Samba de Roda no Largo d'Ajuda

13h - Almoço das irmãs, convidados e pessoas da comunidade na sede da Irmandade

16h - Samba de Roda no Largo d'Ajuda

16/08 (quarta-feira)
18h - Cozido seguido de Samba de Roda no Largo d'Ajuda

17/08 (quinta-feira)
18h - Caruru seguido de Samba de Roda e encerramento da festa.

EM CACHEOEIRA/BAHIA



O Movimento Cachoeira, Justiça e Paz vai formalizar pedido junto ao TJ/BA para designação do juiz Antônio Mônaco Neto como magistrado permanente da comarca

A pedido de segmentos da sociedade, tendo em vista a forma dinâmica e célere com que o juiz Antônio Mônaco Neto procede aos julgamentos, também considerando o histórico da forma ágil como solucionou todos os processos quando foi juiz na comarca de São Félix, os advogados Nelson Aragão Filho e Claudio Almeida dos Anjos vão formalizar junto à presidente do Tribunal de Justiça da Bahia pedido para que o mencionado magistrado seja designado como juiz permanente da comarca da Cachoeira.
 
O Movimento Cachoeira, Justiça e Paz, instituição criada e liderada pelos Drs. Nelson Aragão Filho e Claudio Almeida dos Anjos, cujos advogados sustentaram anos sucessivos o pleito de reclassificação da comarca de inicial para intermediária, alcançando pleno êxito, com que o TJ produziu o projeto, a Assembléia Legislativa aprovou e o governador Rui Costa sancionou a Lei No. 13.736, de 05 de julho de 2017, que confere a Cachoeira, na estrutura do Poder Judiciário, a hierarquia de comarca intermediária com direito a ter juiz permanente.


quinta-feira, 10 de agosto de 2017

Faleceu Dona Zélia Dias do Nascimento




Viúva do ex-pracinha do Exército Brasileiro, Wandercock do Nascimento,  mãe de numerosa prole, entre os quais, o escultor Fory Nascimento e o historiador Luiz Claudio Nascimento, faleceu no dia 09 recente, a Sra. Zélia Dias Nascimento. Velada na própria residência, de onde saiu o féretro, no dia seguinte, (10/08/2017) às 10h,  com grande acompanhamento,  para o cemitério da Piedade, em cuja necrópole foi sepultada. Seu saudoso esposo, Wandercock do Nascimento, o popular Kokito, foi veterano do Exército Nacional integrante da Força Expedicionária Brasileira, que lotou na Segunda Guerra Mundial, na Itália, em importantes batalhas, como a de Monte Castello. 

BLUES EM CACHOEIRA/BA
CACHOEIRAAGOSTO DO BLUES promete resgatar a memória do Blues, na histórica cidade do Recôncavo da Bahia.
                                                                                                                       
O evento será realizado nos próximos dias 25 e 26 de agosto no centro histórico da cidade, Praça da Aclamação, e tem como objetivopromover e preservar o rico legado, a tradição e o futuro desta grande forma de arte e linguagem musical, aparentemente esquecida por muitos, mas que mesmo assim nunca deixou de ter o seu merecido reconhecimento, dada a sua importância histórica, para o surgimento de tantos outros gêneros musicais totalmente influenciados de maneira direta pelo Blues, como, o Rock n’ Roll, Jazz, Soul, por exemplo. CACHOEIRAAGOSTO DO BLUES, a partir deste, pretende celebrar anualmente a música Blues na cidade, que tanto se identifica com às origens que deram vida a esta rica e respeitada expressão musical, que reflete as qualidades e atitudes do povo negro escravizado. O evento contará com a participação de bandas da cidade e da região, tocadas por músicos experientes e talentosos, que se dedicam diariamente à causa da boa música, numa cidade que tem por vocação a pluralidade cultural. Com produção cachoeirana, a iniciativa é do Programa Rock and Blues.

quarta-feira, 9 de agosto de 2017

Salvador: 
Sob surto psicótico, jovem mata a mãe e fere o pai a facadas
Foto: Reprodução 
Uma mulher foi morta pelo filho no bairro de Patamares, em Salvador. O crime aconteceu na noite deste sábado (5), por volta das 17h, dentro da casa onde a família morava.

De acordo com informações da Centro Integrado de Comunicação (Cicom), Rosana Maria de Vasconcelos Moreira Lima, 55 anos, foi morta a facadas enquanto dormia. O rapaz identificado como Cayuri Delano de Vasconcelos Bezerra Lima.

O marido dela e pai do suspeito, Francisco Moreira Lima Filho, 48 anos, também foi ferido, mas resistiu aos golpes. A suspeita é que o jovem estivesse sofrendo um surto psicótico durante o crime.

Ainda de acordo com a polícia, após ferir o pai e matar a mãe, o jovem tentou pular da janela do apartamento em que morava, no 4º andar, mas foi socorrido por paramédicos. Não há informações do estado de saúde dele, nem do pai. Informações do Correio 24h.
EM CACHOEIRA/BAHIA
Comunicação e Convite
Reunião do Rotary amanhã, dia 10 de agosto 2017 no Restaurante Maktub


O Prof. Pedro Borges dos Anjos, presidente do Rotary Club Cachoeira/São Félix, comunica e convida todos os membros do quadro social, para a reunião semanal da referida unidade rotária, nesta quita-feira, dia 10/08/2017, às 12h, no Restaurante MAKTUB, com almoço compartilhado, tendo em vista que o salão de reuniões na sede prossegue em reforma. Não foi possível concluir os trabalhos durante a semana. Estamos fazendo ajustes e a pintura do salão II e da faixa externa do referido imóvel. A presença de todos os associados é muito importante para a tomada de decisões em relação às operações de requalificação e reforma do imóvel do Rotary.
 
O quê: reunião semanal do RC Cachoeira/São Félix
Onde: Restaurante MAKTUB
Dia: Quinta-feira, 10 de agosto de 2017 
Hora: 12h
Término da reunião: 13h30min

Luciano Borges
Ascom