quinta-feira, 31 de julho de 2014

Templo de Salomão amanhece pichado


Noticias Gospel - Prestes a inaugurar, o Templo de Salomão, construído pela Igreja Universal do Reino de Deus, no Brás em São Paulo, amanheceu nesta quarta-feira (30) com sua fachada pichada, com o versículo bíblico “Atos 17:24."

templo-de-salomão-pichado
Um atendente de uma loja, próximo ao templo, fotografou e publicou em seu Instagram. Após a chegada dos funcionários, a pichação já havia sido apagada e, em seguida, os funcionários da segurança da igreja pediram para que a imagem fosse apagada da rede social.

Acredita-se que o ato seria uma crítica aos gastos realizados pela igreja Universal, já que o referente texto bíblico diz que “O Deus que fez o mundo e tudo que nele há, sendo Senhor do céu e da terra, não habita em templos feitos por mãos de homens”.
Nenhum funcionário da Igreja quis comentar o assunto, e a polícia continua investigando o caso.
O Templo de Salomão será inaugurado quinta-feira (31), onde estarão presentes várias autoridades do Brasil inclusive artistas de peso, como a presidente Dilma Rousseff e o apresentador e empresário Silvio Santos.

EM CACHOEIRA/BA: PERSONALIDADE EM DESTAQUE

Heraque dos Santos, sacerdote do Candomblé

Tendo   toda   a   sua   vida  e  fé  dedicadas  às cerimônias do culto afro na modalidade Candomblé, herança  de  seus  antepassados, Heraque dos Santos é uma das mais fortes referências na cidade da  Cachoeira  no  segmento   religioso  de  matriz africana. Nascido no dia 12 de outubro de 1931,  aos  78  anos, Heraque dos  Santos  afirma  que  inicialmente foi vítima de sucessivos sofrimentos  por não acolher e seguir a Oxalá, o orixá  guia espiritual dono de sua cabeça. O orixá que se relaciona com  o  seu  destino  é   uma   herança  que  procede  do   seu  avô,   da  linhagem da sua ancestralidade.  Anos     mais  tarde,  depois  de  morar  e   trabalhar  em  outras  cidades,  retornou   à  Cachoeira, consciente    e  decidido   a    estabelecer-se    com    Casa    de   Santo   consagrada   ao  culto   do Candomblé, onde foram cumpridas as cerimônias com fiel obediência às instruções de Oxalá e de outros orixás. Atualmente, Heraque operacionaliza trabalhos espirituais na mesma linha de inspiração, independente das pompas que incluem foguetes, champanhe, whiskey, sem ônus para quantos o buscam. Heráclito cita líderes do culto afro que muito o ajudaram a alcançar perfeição na execução das obrigações do Candomblé, a exemplo dos babalorixás  Bobosa e Benardino, ambos reconhecidos  mestres  no cerimonial do culto aos deuses das religiões de matrizes africanas. 

Conhecedor com pleno domínio da ritualística pertinente ao culto do Candomblé, Heraque menciona terreiros da Cachoeira que cumpriam e seguiam os rituais com absoluta fidelidade e conhecimento do cerimonial. Os  primeiros e mais influentes que conheceu  na Cidade Histórica e Monumento Nacional, fazendo menção honrosa ao Ylê de Gil de Caboclo, no Cucuí e do Ylê do saudoso babalorishá Calixto e o Terreiro da Yalorisha Arminda, no fundo da Igreja de São Cosme e São Damião. O bairro do Cucuí foi e ainda é, devido as suas características, um quilombo urbano da ancestralidade africana, afirma Heraque. Ali viveram e trabalharam em terreiros, verdadeiros zeladores de orixás. Heraque afirma que também conheceu, além de candomblecistas, babalorishás, yalorishás, os tipos pendoqueiros  e feiticeiros, figuras que, na sua visão, não mais existem em Cachoeira. Rememorando trabalhos de pendoqueiros e feiticeiros que conheceu e teve intimidade, estabelecidos em Cachoeira, Heraque cita os feiticeiros Renato Congo do Ouro e Felexu, personalidades de extrema gravidade, portadores de posturas  reconhecidamente perigosas no domínio das forças astrais e da baixa espiritualidade. Felexu fez da própria mãe cobaia, em seus treinamentos para tornar-se feiticeiro. Conta-se que ele pôs um Exu na ponta de um charuto e dera a sua mãe para fumar e velha se acabou poucos dias depois. Além dos citados, conquistaram fama em Cachoeira, os feiticeiros Manezinho Pele e Osso, Domingo do Fato, Artur Cu de Touro, Sinhá Paulina, todos especialistas em feitiços, os quais conquistaram destacada estabilidade financeira e patrimônio, devido ao grande números de clientes ricos, principalmente políticos que vinham inclusive de outros estados como São Paulo, Rio Grande do Sul, para trabalhos desta natureza.

Entre as personalidades do candomblé em Cachoeira, Heraque ainda cita Gerônimo, na Terra Vermelha, Zé do Vapor, sucedido por Sérgio Corcunda e Candola, já falecido. Com instruções do babalorishá Nezinho, de Muritiba, foi instalado em Cachoeira, o autêntico Terreiro da  Yalorishá Baratinha, de saudosa memória. Ele também teve forte influência nas instalações do candomblé da nação Gêge da Roça de Ventura, instruindo que o mesmo pai de santo não  pode ter duas casas de candomblé na mesma cidade. Heraque mostra completo domínio da movimentação e estrutura dos terreiros instalados em Cachoeira e menciona que a Casa de Santo da saudosa Gaiaku Luiza é da nação Gêge Maué e que a Roça de Ventura reveste-se de poder que lhe garante a eternidade. Nada nem ninguém tem o poder de interromper a Casa de Ventura. Inúmeros pais e mães de santo vêm de São Paulo, Espírito Santo, Rio de Janeiro, para se instruírem e aprenderem mais na referida Casa. Revela que em muitos terreiros em outros estados, “Bambogira” é “santo”  aqui em Cachoeira, em todos os terreiros comprometidos com a verdade dos orixás “Bambogira” é “escravo”. Respondendo a curiosidade do Repórter, se existe ainda em Cachoeira  Casa em  que se possa confiar a realização de trabalhos como se fazia antigamente, Heraque mencionou apenas que no passado o Ylê do saudoso babalorishá Justo, na Ladeira da Cadeia era o de maior poder na execução de trabalhos, isto é, os orixás obedeciam fielmente a executar tudo o que lhes fosse mandado. Hoje, Heraque prefere não se pronunciar quanto às forças que assistem e operam nos terreiros. Acrescenta que não se pode fazer obrigações do jeito que se quer. Há um cerimonial de compromisso com a ancestralidade e os orixás. O cerimonial mais difícil e o da nação Gêge. O recolhimento durava 1 ano e 2 meses no erê de grau, hoje, ninguém mais recolhe o iniciando numa Casa de Santo nem por 1 ano. Não se tem mais fidelidade aos princípios fundamentais da ritualística como nos tempos anteriores. Daí, muitos trabalhos e obrigações em diversos terreiros perderem a eficácia, o poder da materialidade do que se busca.

Perguntado se ele é Pai de Santo, Heraque responde que tem Pai de Santo, o babalorishá João Rôrô, do Capoeiruçu. “Ele me ensinou o que eu faltava aprender. Faço minhas obrigações dentro de minha própria casa – A Tenda dos Milagres”. Para concluir, a Reportagem de O Guarany buscou saber se ele conheceu algum feiticeiro em Cachoeira cujos trabalhos encomendados mataram desafetos que perseguiam gente inocente, humilhavam cidadãs e cidadãos.  Garantiu que além dos mencionados, havia na comunidade da Cachoeira, Seu Bispo, conhecido feiticeiro, vizinho do zelador de santo Bobosa, que se tornou famoso pelos resultados fatais de seus despachos, levando suas vítimas a óbito. Hoje, quem sentir no coração procurar “Casa” para encomendar trabalho desta natureza, Heraque aconselha que o melhor mesmo é ter fé em Deus e nos seus anjos da guarda, para ter uma vida equilibrada e digna.

À vista do equilíbrio e a facilidade com que expressa conhecimento e pleno domínio do cerimonial da fé de seus ancestrais africanos, Heraque dos Santos é, de fato, Personalidade em Destaque.

quarta-feira, 30 de julho de 2014

Em Cachoeira/Bahia
Tato Pereira projeta caminhada e comício
para o dia 07 de agosto



Tato Pereira, candidato a deputado estadual, recebe no dia 07 de agosto/2014, às 19h30min, para caminhada e comício, em Cachoeira,  a comitiva de candidatos  de sua coligação: Paulo Souto (governador), Geddel Vieira Lima(senador) e João Gualberto (deputado federal), acompanhado de ACM Neto, prefeito de Salvador.

A caminhada sairá da Ponta da Calçada, na Rua da Feira, por volta das 19h30min, acompanhada de grande público convidado por Tato Pereira, em direção ao palanque armado na Praça Teixeira de Freitas, em frente ao Cine Teatro Cachoeirano, no centro da cidade, onde os candidatos falarão ao povo. Também discursará o prefeito de Salvador, ACM Neto, líder estadual do Democratas.

Mobilização

Tato Pereira convida os cachoeiranos, a todos em geral, que se mobilizem para estar presente ao maior comício de todos os tempos que realizará em Cachoeira, com que buscará levar ao conhecimento público a sua proposta de prosseguir conquistando permanente desenvolvimento para a sua terra e região. 
Guarany on-line
Assessoria de comunicação do candidato
Vou-me embora pra Bruzundanga

MARCO ANTONIO VILLA 
O ESTADO DE S. PAULO
 
  :
 
 O Brasil é um país fantástico. Nulidades são transformadas em gênios da noite para o dia. Uma eficaz máquina de propaganda faz milagres. Temos ao longo da nossa História diversos exemplos.O mais recente é Dilma Rousseff.

Surgiu no mundo político brasileiro há uma década. Durante o regime militar militou em grupos de luta armada, mas não se destacou entre as lideranças.Fez política no Rio Grande do Sul exercendo funções pouco expressivas. Tentou fazer pós graduação em Economia na Unicamp, mas acabou fracassando,não conseguiu sequer fazer um simples exame de qualificação de mestrado. Mesmo assim,durante anos foi apresentada como "doutora" em Economia.Quis-se aventurar no mundo de negócios, mas também malogrou. Abriu em Porto Alegre uma lojinha de mercadorias populares, conhecidas como "de 1,99". Não deu certo. Teve logo de fechar as portas.

Caminharia para a obscuridade se vivesse num país politicamente sério. Porém, para sorte dela, nasceu no Brasil. E depois de tantos fracassos acabou premiada:virou ministra de Minas e Energia. Lula disse que ficou impressionado porque numa reunião ela compareceu munida de um laptop.Ainda mais: apresentou um enorme volume de dados que, apesar de incompreensíveis, impressionaram favoravelmente o presidente eleito. Foi nesse cenário, digno de O Homem que Sabia Javanês, que Dilma passou pouco mais de dois anos no Ministério de Minas e Energia. Deixou como marca um absoluto vazio.Nada fez digno de registro.Mas novamente foi promovida. Chegou à chefia da Casa Civil após a queda de José Dirceu, abatido pelo escândalo do mensalão. Cabe novamente a pergunta: por quê? Para o projeto continuísta do PT a figura anódina de Dilma Rousseff caiu como uma luva. Mesmo não deixando em um quinquênio uma marca administrativa um projeto, uma ideia, foi alçada a sucessora de Lula.

Nesse momento, quando foi definida como a futura ocupante da cadeira presidencial, é que foi desenhado o figurino de gestora eficiente, de profunda conhecedora de economia e do Brasil, de uma técnica exemplar,durona,implacável e desinteressada de política.Como deveria ser uma presidente a primeira no imaginário popular.

Deve ser reconhecido que os petistas são eficientes. A tarefa foi dura,muito dura.Dilma passou por uma cirurgia plástica, considerada essencial para, como disseram à época, dar um ar mais sereno e simpático à então candidata.Foi transformada em "mãe do PAC". Acompanhou Lula por todo o País. Para ela e só para ela a campanha eleitoral começou em 2008.Cada ato do governo foi motivo para um evento público, sempre transformado em comício e com ampla cobertura da imprensa. Seu criador foi apresentando homeopaticamente as qualidades da criatura ao eleitorado.Mas a enorme dificuldade de comunicação de Dilma acabou obrigando o criador a ser o seu tradutor, falando em nome dela e violando abertamente a legislação eleitoral.

Com base numa ampla aliança eleitoral e no uso descarado da máquina governamental, venceu a eleição. Foi recebida com enorme boa vontade pela imprensa. A fábula da gestora eficiente, da administradora cuidadosa e da chefe implacável durante meses foi sendo repetida. Seu figurino recebeu o reforço, mais que necessário, de combatente da corrupção.Também,pudera:não há na História republicana nenhum caso de um presidente que em dois anos de mandato tenha sido obrigado a demitir tantos ministros acusados de atos lesivos ao interesse público.

Com o esgotamento do modelo de desenvolvimento criado no final do século 20 e um quadro econômico internacional extremamente complexo,a presidente teve de começar a viver no mundo real. E aí a figuração começou a mostrar suas fraquezas. O crescimento do produto interno bruto (PIB) de 7,5% de 2010, que foi um componente importante para a vitória eleitoral, logo não passou de uma recordação. Independentemente da ilusão do índice (em 2009 o crescimento foi negativo: -0,7%),apesar de todos os artifícios utilizados,em 2011 o crescimento foi de apenas 2,7%. Mas para piorar, tudo indica que em 2012 não tenha passado de 1%.Foi o pior biênio dos tempos contemporâneos, só ficando à frente,na América do Sul,do Paraguai. A desindustrialização aprofundou-se de tal forma que em 2012 o setor cresceu negativamente: -2,1%. O saldo da balança comercial caiu 35% em relação à 2011, o pior desempenho dos últimos dez anos,e em janeiro deste ano teve o maior saldo negativo em 24 anos. A inflação dá claros sinais de que está fugindo do controle.E a dívida pública federal disparou: chegou a R$ 2 trilhões.

As promessas eleitorais de 2010 nunca se materializaram.Os milhares de creches desmancharam-se no ar. O programa habitacional ficou notabilizado por acusações de corrupção. As obras de infraestrutura estão atrasadas e superfaturadas. Os bancos e empresas estatais transformaram-se em meros instrumentos políticos a Petrobrás é a mais afetada pelo desvario dilmista.

Não há contabilidade criativa suficiente para esconder o óbvio: o governo Dilma Rousseff é um fracasso.E pusilânime: abre o baú e recoloca velhas propostas como novos instrumentos de política econômica. É uma confissão de que não consegue pensar com originalidade. Nesse ritmo, logo veremos o ministro Guido Mantega anunciar uma grande novidade para combater o aumento dos preços dos alimentos: a criação da Sunab.

Ah, o Brasil ainda vai cumprir seu ideal: ser uma grande Bruzundanga. Lá, na cruel ironia de Lima Barreto, a Constituição estabelecia que o presidente "devia unicamente saber ler e escrever; que nunca tivesse mostrado ou procurado mostrar que tinha alguma inteligência; que não tivesse vontade própria; que fosse, enfim, de uma mediocridade total".

Como bom brasileiro, REPASSE PARA SEU CÍRCULO DE AMIZADES SEM MODERAÇÃO

"Dilma, a Estela do terrorismo, a mais fraca dos presidentes da República, desde 1889"


"O conhecimento outorga ao homem os dons que a ignorância lhe nega."
Do livro Coleção da Revista Logosofia, Tomo III
MARCO ANTONIO VILLAS  é jornalista

NA BAHIA

Paulo Souto promete investimentos na educação e pede volta do Irdeb à pasta de Cultura

Paulo Souto promete investimentos na educação e pede volta do Irdeb à pasta de Cultura
Foto: Divulgação
O candidato ao governo do Estado Paulo Souto (DEM) defendeu, na noite desta terça-feira (29), a volta do Instituto de Radiofusão Educativa da Bahia (Irdeb) à administração da Secretaria de Cultura (Secult). Atualmente, a fundação é ligada à Secretaria de Comunicação Social. Souto alegou, em debate sobre política cultural no salão nobre da Academia de Letras da Bahia (ABL), que a medida possibilitaria que o Instituto fosse um importante meio de divulgação de projetos educacionais e culturais. Ele ainda firmou compromisso de ampliar, gradativamente, os investimentos em cultura ao longo do mandato caso seja eleito.  O debate contava com a presença dos também postulantes ao governo do Estado Renata Mallet (PSTU), Lídice da Mata (PSB), Rui Costa (PT), Marcos Mendes (PSOL) e Rogédio Da Luz (PRTB).

NA BAHIA


Baleado em atentado, prefeito de Itagimirim morre em hospital

Baleado em atentado, prefeito de Itagimirim morre em hospital
Foto: Divulgação
Atingido por quatro tiros durante atentado, o prefeito do município de Itagimirim, Rielson Santos Lima (PMDB), não resistiu aos ferimentos e morreu no final da noite desta terça-feira (29). O peemedebista foi atingido por tiros no abdômen, tórax e pulmão. A vítima faleceu quando a cirurgia no abdômen estava sendo encerrada. Testemunhas informam que ele estava num bar com um primo quando dois homens chegaram a bordo de uma moto e atiraram. O político foi socorrido para o Hospital Regional de Eunápolis, cidade vizinha do sul da Bahia, e passou por uma cirurgia chamada laparotomia exploratória, mas acabou morrendo por volta das 23h10 de ontem.

NA BAHIA


Justiça determina que PRE mude informação sobre candidatura de Luiz Caetano

Justiça determina que PRE mude informação sobre candidatura de Luiz Caetano
Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias
A Justiça Eleitoral determinou que a Procuradoria Regional Eleitoral (PRE) mude informação publicada na lista de candidatos impugnados, disponível no site institucional, sobre a suposta rejeição de contas do ex-prefeito de Camaçari Luiz Caetano (PT), candidato a deputado federal. A ação cautelar, com pedido liminar, foi concedida pelo juiz Claudio Cesare Braga Ferreira. O ex-gestor argumentou que teve todas as contas da sua administração aprovadas e que era necessária a correção. A alteração pretende evitar dano à candidatura do petista à Câmara Federal. Luiz Caetano figurou a lista de impugnados da PRE junto com 29 pleiteantes a deputado estadual e federal. A Justiça também determinou a correção da informação de outra ex-prefeita petista, Moema Gramacho (PT), também declarada pela promotoria impugnada pela rejeição de contas.